Fontes renováveis são 35% da matriz energética do Marrocos

São 2.965 megawatts de capacidade instalada e o país pretende adicionar mais 10 mil MW até 2030.

Da Redação
anba@anba.com.br

Rabat – A participação das fontes renováveis na matriz energética do Marrocos chegou a 35% no final de 2018, com uma capacidade instalada de 2.965 megawatts, informou nesta quarta-feira (09) o ministro da Energia, Minas e Desenvolvimento Sustentável do país, Aziz Rabbah, segundo a agência de notícias Maghreb Arabe Presse (MAP).

De acordo com ele, o Marrocos pretende ampliar esta capacidade em mais de 10 mil megawatts até 2030, sendo 4,5 mil MW em energia solar, 4,2 mil MW em eólica e 1,3 mil MW em hidrelétrica.

Um dos objetivos destes investimentos é reduzir a dependência externa do setor, que vem caindo, mas ainda é alta. As importações cobriam 98% da demanda por energia no Marrocos em 2007, participação que caiu para 93,3% em 2017. A conta de energia inclui as importações de petróleo e gás.

Patrice Thebault/Only World/Only France/AFP

Publicações relacionadas