Governador do Amazonas vai a países árabes em fevereiro

Anúncio foi feito durante reunião com embaixadores árabes em visita a Manaus. Wilson Lima disse também que irá participar do Fórum Econômico Brasil-Países Árabes, em abril de 2020, na capital paulista.

Bruna Garcia Fonseca
bruna.garcia@anba.com.br

Manaus – O governador do estado do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciou na manhã desta terça-feira (12) que irá visitar países árabes em fevereiro. A declaração foi feita durante reunião na sede do governo com a delegação de embaixadores árabes que está em visita a Manaus desde sábado (09). Os países ainda não foram definidos. Lima confirmou também presença no Fórum Econômico Brasil Países Árabes, evento que a Câmara de Comércio Árabe Brasileira promove em abril do ano que vem, na capital paulista.

“Queremos fortalecer essa parceria e promover o desenvolvimento econômico e social”, disse Lima (2º da esq. p/ dir. na foto acima). O embaixador da Palestina e decano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil, Ibrahim Alzeben (C., na foto), afirmou que a viagem do governador aos países árabes vai concretizar os resultado da visita dos diplomatas ao estado.

Para Lima, a reunião com os embaixadores reforçou os laços entre o estado e o mundo árabe. “Essa é uma sinalização do fortalecimento dessa parceira comercial e da relação de amizade com esses países que têm uma cultura de paz, e de um compromisso do estado do amazonas com esses povos”, disse o governador.

Alzeben afirmou que a visita ao Amazonas foi de encontros. “Encontros com a comunidade árabe, com instituições, o encontro das águas”, declarou, numa referência à junção dos rios Negro e Solimões para formar o Amazonas. Ele mencionou ainda as visitas realizadas na segunda-feira (11) à zona franca de Manaus, à fábrica de motocicletas Honda e à Federação das Indústrias do Estado (Fieam).

Segundo ele, a presença de nove diplomatas na comitiva reflete a importância do estado do Amazonas para os países árabes. “Estamos muito interessados neste estado e queremos aumentar o intercâmbio comercial. Há muito potencial de ambas as partes, do Amazonas e dos países árabes, e isso ficou comprovado nessa visita”, destacou o decano. “Vocês têm uma terra que pode se fortalecer por completo, e eu tenho certeza que está em boas mãos”, reforçou Alzeben. Ele disse que parcerias podem ser construídas nas áreas de pesquisa e indústria.

(Continua após a galeria)

O embaixador falou da importância da participação dos representantes da Câmara Árabe na viagem – o vice-presidente administrativo Mohamad Mourad e o secretário-geral Tamer Mansour, “para que as visitas tenham um efeito imediato”.

“Tivemos a confirmação da presença do governador no Fórum Econômico Brasil-Países Árabes ano que vem, e da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), e o governador afirmou que irá visitar países árabes em fevereiro próximo. A visita foi exitosa, fizemos bons contatos com empresas e a Câmara Árabe está sempre à disposição para ajudar a estreitar as relações comerciais, sociais e culturais entre o Brasil e os Países Árabes”, disse Mourad.

Alzeben reforçou a necessidade de o Brasil manter sua posição histórica de apoio ao processo de paz no Oriente Médio. Participaram da reunião, além da comitiva de embaixadores, o secretário de Desenvolvimento Econômico do estado, Renato Freitas, o secretário do Meio Ambiente, Eduardo Taveira, o secretário da Fazenda, Dario Paim, e o secretário de Produção Rural, Petrúcio Magalhães.

Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA

Publicações relacionadas