Programa oferece bolsas para pesquisadoras árabes

Projeto inédito vai dar apoio a mulheres do Oriente Médio e Norte da África para realização de pesquisas na área agrícola.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – O Centro Internacional para Agricultura Biosalina (ICBA), dos Emirados Árabes Unidos, lançou chamado para a primeira edição do Mulheres Árabes Líderes na Agricultura (Awla, na sigla em inglês). O programa oferece bolsas para mulheres pesquisadora da região do Oriente Médio e Norte da África (Mena). A iniciativa é realizada em parceria com a Fundação Bill & Melinda Gates e o Banco de Desenvolvimento Islâmico (IsDB).

As inscrições vão até o dia 15 de abril e podem ser feitas no site do Awla. O programa pretende dar suporte a mulheres pesquisadoras em agricultura para que elas cheguem a cargos de liderança. Entre os requisitos para participar estão que as pesquisadoras tenham disponibilidade para viajar e estejam com passaportes válidos em mãos.

O programa vai contribuir para criar o primeiro Fórum R&D na região Mena a abordar os desafios da agricultura e criar a primeira plataforma de mulheres pesquisadoras desta área de estudo na região. O programa vai selecionar um grupo de 20 a 30 pesquisadoras da Argélia, Egito, Jordânia, Líbano, Marrocos, Palestina e Tunísia. A agenda das pesquisadoras passará por dois polos regionais, Jordânia e Tunísia, começando em 1º de junho e seguindo por um período de dez meses.

Segundo o site do Awla, a participação média de mulheres pesquisadoras em posições de liderança em toda a região Mena é de 17% – a mais baixa do mundo. Essa lacuna é maior ainda no que diz respeito a organizações de pesquisa e extensão agrícola, apesar de as mulheres representarem mais de 40% da força de trabalho do setor. Isso significa que as medidas de políticas e investimentos na agricultura podem não ser tão eficazes quanto poderiam, porque não refletem totalmente as perspectivas de gênero.

O ICBA desenvolveu a iniciativa para contribuir com a realização do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas sobre igualdade de gênero e empoderamento das mulheres, fomentando e aprimorando as capacidades de uma nova geração de mulheres pesquisadoras e líderes árabes.

Divulgação

Publicações relacionadas