Semana Cultural do Kuwait é lançada na Câmara Árabe

Programação começa na manhã de sexta-feira com a abertura de uma exposição na Biblioteca do Parque Villa Lobos, em São Paulo. Cerimônia na noite desta quinta reuniu artistas, diplomatas e autoridades na sede da entidade.

Alexandre Rocha
alexandre.rocha@anba.com.br

São Paulo – A Câmara de Comércio Árabe Brasileira e a embaixada do Kuwait em Brasília promoveram na noite desta quinta-feira (05) a cerimônia de abertura da Semana Cultural do Kuwait em São Paulo. A programação começa nesta sexta (06), às 10 horas, com a inauguração de uma exposição de fotografias, caligrafia artística e artesanato na Biblioteca do Parque Villa Lobos, na zona oeste da cidade, e segue até domingo (08).

Hannun: Câmara Árabe promove conexão cultural entre brasileiros e árabes

Na cerimônia realizada na sede da Câmara Árabe, na capital paulista, personalidades, autoridades e diplomatas destacaram que o intercâmbio cultural abre caminho para outras formas de cooperação entre os países.

“As relações entre o Brasil e o Kuwait vêm se estreitando nos últimos anos de forma acelerada”, disse o presidente da Câmara Árabe, Rubens Hannun. “Mas nós sabemos que as relações, para dar frutos comerciais, têm que começar por uma conexão entre os povos. E este é um dos propósitos da Câmara Árabe desde sua fundação, promover uma conexão cultural entre brasileiros e árabes”, ressaltou.

Almotairi: primeiro festival no Brasil em 51 anos

Na mesma linha, o embaixador do Kuwait em Brasília, Nasser Almotairi, afirmou que a Semana serve para consolidar as relações bilaterais entre os dois países e para mostrar ao público brasileiro um pouco do patrimônio cultural do Kuwait. “A cultura desempenha um grande papel na aproximação entre as civilizações”, destacou. O diplomata acrescentou que esta é a primeira vez que seu país organiza um festival cultural no Brasil desde 1968, quando foram estabelecidas as relações diplomáticas.

O diretor do Departamento do Oriente Médio do Itamaraty, Sidney Romeiro, contou que é considerado fato na diplomacia que “a cultura é um instrumento muito importante para a promoção de laços entre os países”. “A cultura promove a tolerância, combate mitos e formas de preconceito, e incentiva a aproximação entre os povos. Isso abre caminho para uma maior integração, para viagens, negócios e comércio”, declarou.

Alvim prometeu plano de cooperação ao embaixador Almotairi

O secretário de Cultura do Ministério do Turismo do Brasil, Roberto Alvim, disse, por sua vez, que recebeu a visita de Almotairi em Brasília e que está pensando na criação de um mecanismo de “circulação de arte e cultura” entre o Brasil e o Kuwait. “Que nos permita conhecer uns aos outros”, disse. Ele prometeu ao embaixador apresentar uma proposta neste sentido até o final do mês.

Hannun destacou que o intercâmbio cultural “pavimenta o caminho para que as relações comerciais se estabeleçam de forma muito consistente”, e sugeriu, “inchallah” (“se Deus quiser”, em árabe), a realização de uma Semana Cultural do Brasil no Kuwait em breve.

Presidente

Romeiro: Bolsonaro pode visitar o Kuwait em janeiro

Hannun lembrou da recente visita da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, ao Kuwait, e tanto Romeiro como Almotairi revelaram que existe a possibilidade do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, visitar o país árabe em janeiro de 2020.

“Será a primeira visita de um presidente brasileiro ao Kuwait, um impulso nas relações rumo a um horizonte mais amplo”, afirmou o embaixador kuwaitiano. O diplomata citou uma série de instituições de seu país que têm interesse em negócios e investimentos no Brasil, em áreas como o agronegócio, energia e infraestrutura.

Acompanharam a cerimônia o secretário-nacional adjunto do Conselho Nacional de Literatura, Cultura e Arte do Kuwait, Issa Al Amsari, o caligrafo kuwaitiano Farid Al Ali, o cônsul dos Emirados Árabes Unidos em São Paulo, Salem Alalawi, o encarregado de negócios da embaixada do Bahrein em Brasília, Bader Al Hulaibi, o presidente do conselho da Câmara Árabe, Walid Yazigi, diretores da entidade, lideranças da comunidade árabe em São Paulo e outros convidados.

Além da exposição na Biblioteca do Parque Villa Lobos, o festival vai contar com palestra sobre o idioma árabe a apresentações musicais (veja a programação abaixo, após galeria de fotos). A banda kuwaitiana Al Takht, com o maestro Ayoub Khader, deu uma canja na noite desta quinta (assista vídeo após o serviço).

Serviço

Programação da Semana Cultural do Kuwait em São Paulo
De 06 a 08 de dezembro
Grátis

Exposição de fotografias, caligrafia artística e artesanato
Das 09h30 às 18h30
Biblioteca do Parque Villa Lobos
Av. Queiroz Filho, 1250
Alto de Pinheiros, São Paulo, SP

Palestra sobre o ensino da língua árabe no Brasil
Dia 07, das 09h30 às 12 horas, na Biblioteca do Parque Villa Lobos

Apresentação musical no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB)
Dia 06 de dezembro, à 13 horas
Rua Álvares Penteado, 112
Centro Histórico de São Paulo

Apresentação musical no Museu da Imigração
Dia 07 de dezembro, 14 horas
Rua Visconde de Parnaíba, 1316
Mooca

Apresentação musical na Paulista
Dia 08 de dezembro, 10 horas
Avenida Paulista, em frente ao nº 283
Bela Vista

Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues /Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues /Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues /Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues /Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues /Câmara Árabe

Publicações relacionadas