Cresce movimento em portos do Catar

Segundo dados da companhia que gerencia o setor, os três principais portos do país árabe tiveram aumento na movimentação de cargas e de navios em julho sobre junho. Cresceram chegadas de veículos e materiais de construção.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – Os portos do Catar registraram aumento no movimento de embarcações e no volume de cargas em julho sobre junho, de acordo com notícia publicada no site do jornal The Peninsula, com base em dados divulgados pela companhia de gerenciamento de portos do país árabe, a Mwani Qatar.

No total, 377 navios passaram pelos três principais portos do país –Hamad, Doha e Ruwais – em julho contra 318 no mês anterior. O aumento foi de 18,5%. Os portos também manejaram 121,4 mil contêineres de 20 pés no mês passado contra 105,6 mil contêineres em junho. O crescimento foi de 15%. Foram 90,7 mil toneladas de cargas no mês passado contra 46,7 mil toneladas em junho, quase o dobro.

Alguns produtos tiveram aumento significativo nessa movimentação. Passaram pelos portos do Catar 7.082 veículos, 58.269 cabeças de gado, 29.641 toneladas de materiais de construção em julho. Em junho foram 4.984 veículos, 11.230 cabeças de gado e 26.044 toneladas de materiais de construção. Segundo a reportagem do The Peninsula, houve forte crescimento em todas as categorias na comparação mensal.

O Porto de Hamad foi líder em movimentação de navios e de cargas no Catar em julho. Ele recebeu 141 embarcações, 37% do total dos três portos citados juntos. Hamad também movimentou 119,8 mil contêineres de 20 pés, quase a totalidade do conjunto de contêineres movimentados no país. Em carga geral foram 86,2 mil toneladas, 95% do total. Em veículos foram 7.016, quase a totalidade de julho.

Os portos do Catar também tiveram aumento na movimentação no primeiro semestre. Só em materiais de construção passaram por eles 218,3 mil toneladas de janeiro a junho em comparação com 177 mil toneladas no primeiro semestre de 2018, com avanço de 24%. Passaram pelos portos de Hamad, Doha e Ruwais 1.828 navios e 661,3 mil contêineres nos primeiros seis meses do ano e  desembarcaram 100 mil passageiros de cruzeiros.

Karim Jaafar/AFP

Publicações relacionadas