Déficit externo do Brasil caiu no mês passado

Saldo negativo em transações correntes ficou em US$ 494 milhões, contra US$ 666 milhões em março de 2018.

Agência Brasil
pauta@ebc.com.br

Brasília – As contas externas brasileiras apresentaram déficit de US$ 494 milhões em março, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (25) pelo Banco Central (BC). O saldo ficou abaixo do resultado negativo registrado no mesmo mês de 2018, que foi de US$ 666 milhões.

Nos três meses do ano, o déficit em transações correntes acumulou US$ 8,176 bilhões, contra US$ 9 bilhões em igual período do ano passado.

“Apesar da retração no superávit comercial, de US$ 6 bilhões para US$ 4,5 bilhões, houve recuo nos déficits das contas de serviços, de US$ 2,8 bilhões para US$ 2,1 bilhões, e de renda primária (lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários), de U$ 4 bilhões para US$ 3,3 bilhões”, disse o BC em relatório.

O déficit em transações correntes nos 12 meses encerrados em março de 2019 somou US$13,7 bilhões (0,73% do PIB), resultado próximo ao registrado no mês anterior (US$13,9 bilhões, 0,74% do PIB).

Os ingressos líquidos de investimentos estrangeiros diretos somaram US$ 6,8 bilhões em março, ante US$ 7,8 bilhões no mesmo mês de 2018.

Cris Faga/NurPhoto/AFP

Publicações relacionadas