Embarque de soja brasileira foi recorde em março

O Brasil exportou 14,9 milhões de toneladas no mês passado. No primeiro trimestre, a China comprou mais da metade do volume de soja que o Brasil enviou ao exterior, mas a Argélia também esteve entre os dez principais importadores.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – As exportações de soja do Brasil cresceram 12% em março em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pela Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec). O volume embarcado, 14,9 milhões de toneladas, foi um recorde mensal.

No acumulado do ano, porém, as exportações caíram em 5%, de acordo com dados do site da Anec. Foram 21,6 milhões de toneladas embarcadas de janeiro a março de 2020 ao exterior e 20,4 milhões de toneladas neste ano. Os envios foram baixos em janeiro e houve queda pequena em fevereiro.

O grande destino da soja brasileira neste ano até o final de março foi a China, com 72% do total, mas há países árabes entre os compradores. Em gráfico da Anec, a Argélia aparece entre os dez maiores importadores, com compras de 1% do total exportado. Também estão na lista de principais compradores Espanha, Tailândia, Holanda, Turquia, Paquistão, Taiwan, Portugal e Rússia.

Yasuyoshi Chiba/AFP 27/03/2012

Publicações relacionadas