Empresários do Brasil e Paquistão se reúnem em Dubai

Delegação do setor de plásticos para construção e utilidades domésticas visitou a feira The Big 5 e participou de rodada de negócios com paquistaneses que têm empresas nos Emirados.

Bruna Garcia Fonseca
bruna.garcia@anba.com.br

São Paulo – Representantes de empresas brasileiras do setor de plástico para construção e utilidades domésticas se reuniram com empresários paquistaneses que têm negócios em Dubai, nos Emirados Árabes, durante a feira setorial The Big 5 (foto acima), que vai até esta quinta-feira (29) no emirado. A visita à mostra é parte de missão empresarial a Dubai promovida pelo programa Think Plastic Brazil, parceria do Instituto Nacional do Plástico (INP) com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). A iniciativa tem apoio da Câmara de Comércio Árabe Brasileira.

As empresas Grupo Alfamec, Astra, Bandeirante, IVPlast, Plasutil, Promaflex, São Bernardo e Sansuy levaram representantes ao emirado. Além de visitar a The Big 5, a comitiva também fez diversas reuniões de negócios em Dubai e Abu Dhabi, e visitou supermercados e lojas de materiais de construção.

“Esta é uma missão de benchmarking (pesquisa de mercado do setor) e de reuniões com potenciais compradores dos produtos plásticos das empresas que vieram do Brasil”, disse o executivo de negócios internacionais da Câmara Árabe, Rafael Solimeo (4º da dir. p/esq, na foto). “Os representantes das empresas brasileiras estão conversando com empresas e distribuidoras locais para entender melhor esse mercado da região do Golfo”, explicou.

Sobre a reunião com os empresários paquistaneses, Solimeo informou que o Pakistan Business Council (Conselho Empresarial do Paquistão, em tradução livre) convidou a missão empresarial para fazer uma rodada de negócios em seu estande na feira. “O Paquistão usa Dubai como um hub (polo) para distribuir os produtos no Golfo, no mundo árabe, Ásia e África”, explicou. Segundo Solimeo, a entidade é um conselho de empresários do Paquistão com empresas nos Emirados. “Com este encontro, os empresários brasileiros conheceram empresas que têm potencial de compra e que podem trabalhar as vendas dos produtos brasileiros não só em Dubai, mas em todas essas regiões”, afirmou. O Paquistão é um país islâmico do Sul da Ásia.

Marcelo Velletri (1º da dir. p/ esq., na foto), diretor de produtos da Promaflex, empresa do segmento de filmes plásticos, disse à ANBA que conversou com empresários de grandes companhias em Dubai. “Na feira, nos encontramos com os empresários do Paquistão e foi uma reunião muito produtiva porque no dia anterior tínhamos nos reunido com um empresário paquistanês que tem empresa em Dubai; acho que ele ficou contente com nossos produtos e viu a possibilidade de expansão, de venda, e nos convidou para essa reunião com os empresários do Pakistan Business Council, que nos receberam muito bem, e conseguimos trocar bastante ideias, cartões, produtos; ficou uma lição de casa bem grande pra gente fazer quando voltar ao Brasil, de rever os contatos e mandar os materiais que nos foram solicitados”, declarou.

O diretor da Promaflex disse estar otimista com os resultados da missão. “Estamos com expectativa muito grande para que essas reuniões virem futuros negócios. Existe uma grande possibilidade de expansão de mercado aqui [em Dubai], e gostaria de agradecer o Rafael [Solimeo] e a Câmara Árabe, que fizeram um trabalho excelente, e o pessoal da Think Plastic por ter proporcionado a nossa vinda. Acredito que mais ações como estas têm que ser feitas, no futuro, visando até outros países árabes, porque foi muito produtivo”, concluiu Velletri.

Divulgação

Publicações relacionadas