Islamismo será debatido em Congresso da Unifesp

Ciência e religião será um dos temas das palestras do megaevento virtual que começou nesta segunda-feira (13) e vai até sexta-feira (17), quando ocorrerá o debate com representantes do islamismo, catolicismo, judaísmo e candomblé.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – A religião e sua relação com a ciência será um dos temas do Congresso Acadêmico da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), megaevento virtual gratuito que teve início nesta segunda-feira (13) com aula magna do médico Drauzio Varela e vai até sexta-feira (17).

O diálogo inter-religioso irá abordar a relação entre religiosidade e cientificidade, além de suas implicações nas dimensões que possibilitam o ser humano reconhecer os sentidos da vida e a convivência em sociedade. Participarão do debate na sexta-feira (17) às 11 horas, representantes de quatro vertentes religiosas: islamismo, catolicismo, judaísmo e candomblé.

São eles o xeque sírio Mohamad Al Bukai (foto), o padre Júlio Lancellotti, o rabino David Weitman e o sacerdote Taata Nkisi Katuvanjesi. Eles abordarão o tema destacando se e como conceitos relacionados à ciência e religião mudam em tempos de crise. A mediação do debate será feita pelo pró-reitor adjunto de Graduação da Unifesp, Fernando Kinker. Bukai é o atual xeque da Mesquita Brasil, em São Paulo.

Para participar da mesa é necessário fazer uma inscrição no Congresso Acadêmico Unifesp 2020, totalmente online e gratuito. O evento tem como tema “Ciência e Universidade: Transformações para a Sociedade” e traz ao debate assuntos de áreas diversas, como saúde, política, educação, relações internacionais, entre outros. A saúde na pandemia de covid-19 traz mesas sobre vacinas, tratamentos e envelhecimento, e muitas delas contam com médicos descendentes de árabes como o epidemiologista Alexandre Kalache.

A programação completa do congresso e o acesso para inscrições estão no site da universidade. A transmissão será feita pelas páginas da entidade no Youtube e Facebook.

A Unifesp é considerada a melhor universidade federal do Brasil, dividindo a primeira posição com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), de acordo com ranking da consultoria britânica Times Higher Education (THE). A instituição também é primeiro lugar em Educação (teaching) da América Latina, posição empatada com a Universidade Estadual Paulista (Unesp), e quinto lugar em citações.

Serviço

Palestra “Ciência e Religião”
Congresso Acadêmico Unifesp 2020
17 de julho, 11 horas
Gratuito
Inscrições aqui

Divulgação/Mesquita Brasil

Publicações relacionadas