Produção de ovos no Brasil foi recorde para o 1º trimestre

País produziu 912,6 milhões de dúzias, um aumento de 6% sobre o mesmo período de 2018. Emirados Árabes são o principal mercado no exterior.

Agência Brasil
pauta@ebc.com.br

Rio de Janeiro – A produção de ovos de galinha no Brasil cresceu 6% no primeiro trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (13).

A produção de 912,6 milhões de dúzias é a maior para um primeiro trimestre da série histórica da pesquisa, iniciada em 1984. O número foi revisto para cima, pois dados preliminares divulgados em 14 de maio apontavam uma produção menor, de 908,43 milhões de dúzias nos três primeiros meses de 2019. Apesar disso, na comparação com o último trimestre do ano passado, houve queda de 3,1% na produção de ovos de galinha.

Os Emirados Árabes Unidos são o principal mercado dos ovos brasileiros no exterior. No primeiro trimestre, as exportações para lá renderam US$ 4,7 milhões, um aumento de 0,3% sobre o mesmo período de 2018, segundo dados da Câmara de Comércio Árabe Brasileira.

*Com informações da redação da ANBA

Tengku Bahar/AFP

Publicações relacionadas