Produção de ovos recuou no 1º trimestre

Brasil produziu 908 milhões de duzias, uma queda de 3% em relação aos três últimos meses de 2018. Exportações aos árabes cresceram.

Agência Brasil
pauta@ebc.com.br

Rio de Janeiro – A produção nacional de ovos de galinha teve uma queda de 3% no primeiro trimestre deste ano em comparação com os últimos três meses de 2018, para 908,43 milhões de dúzias. Segundo dados divulgados nesta terça-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é a primeira queda desde o primeiro trimestre de 2017, quando o índice foi negativo em 1,2%. Em comparação com o primeiro trimestre do ano passado, porém, a produção cresceu 5,6%.

As exportações de ovos para os países árabes somaram US$ 8,16 milhões no primeiro trimestre de 2019, um aumento 12,9% sobre os últimos três meses de 2018 e de 7,2% sobre o mesmo período do ano passado, segundo dados da Câmara de Comércio Árabe Brasileira. Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita são os dois maiores mercados na região.

O abate de bovinos, que somou 7,77 milhões de cabeças no primeiro trimestre deste ano, caiu 4,6% em relação ao último trimestre de 2018, mas cresceu 0,3% na comparação com o primeiro trimestre de 2018.

O abate de frangos (1,45 bilhão de animais) teve aumento de 2,3% em relação ao último trimestre de 2018, mas caiu 2% na comparação com o primeiro trimestre do ano passado.

Igor Stevanovic/Science Photo Library/AFP

Publicações relacionadas