Agência leva brasileiros ao Líbano

A Lynden, do empresário Kháled Fayez Mahassen, promove viagens de cerca de 150 pessoas ao ano do Brasil para o mundo árabe. O destino mais procurado é o Líbano, com suas atrações culturais e históricas.

Isaura Daniel
isaura.daniel@anba.com.br

São Paulo – A agência e operadora de turismo Lynden, com sede na capital paulista, tem como foco promover o mundo árabe como destino turístico entre os brasileiros. De propriedade de um libanês que vive no Brasil há 44 anos, Kháled Fayez Mahassen, a empresa é especializada em Oriente Médio, apesar de também atender outras partes do mundo, e envia atualmente ao redor de 150 brasileiros ao ano a turismo para a região. 

No mundo árabe, o maior destino dos que viajam pela Lynden é o Líbano. Os pacotes para o país do Oriente Médio incluem, além de passagem aérea e hospedagem, também passeios culturais e históricos como um tour pelo sul do país, onde, na cidade de Sidon, há um castelo erguido no século 13, passeio até a região de Baalbeck, onde há um grande sítio arqueológico e vinícolas, a visita a locais como o Museu Gibran Khalil Gibran ou ao centro de Beirute.

De acordo com Mahassen, no pacote para o Líbano há cinco dias de passeios programados, como os citados acima, e dois dias são deixados livres para que os viajantes aproveitem o hotel, as praias e façam compras. No país, conta o empresário, além de adquirir produtos árabes, é possível encontrar artigos de grifes europeias com preços melhores que no Brasil.

Mahassen relata que a grande procura pelos pacotes ao Líbano entre brasileiros não é de descendentes de árabes. “É de pessoas que não têm ligação com o mundo árabe. O Líbano tem uma história muito rica. Quem tem um pouco de estudo no Brasil, sabe o que o Líbano tem e busca isso”, fala. O pacote normalmente é fechado junto com outro destino da região, como Jordânia, Turquia ou mesmo Emirados Árabes Unidos.

A Lynden tinha como seu carro-chefe, até 2011, um pacote para Síria, Líbano e Jordânia. Em função do conflito na Síria, porém, o pacote não pôde mais ser comercializado. Antes do desencadeamento dos problemas políticos e sociais atuais no Oriente Médio, a agência enviava entre 400 e 500 brasileiros ao ano para os países árabes. “Há pessoas que ainda arriscam, dizem: vou hoje porque amanhã pode ter mais risco”, diz, sobre viajantes ao Líbano.

Mahassen conta que para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, a procura pelas viagens tem motivação diferente do que para o Líbano, já que o destino foi promovido por seu luxo, prédios altos e modernidade pela Emirates, companhia aérea que tem voos diretos do Brasil para lá. Dubai também não costuma ser visitada individualmente, mas é stopover (parada) de quatro ou cinco dias, em viagens para países como Índia, China e Japão.

A Lynden oferece pacotes de viagem para todos os países árabes que têm turismo, segundo Mahassen, como Palestina, Jordânia, Egito, Catar, Tunísia, Marrocos, além dos citados acima. Também tem pacotes para destinos como Cuba, Colômbia, México, Armênia, Turquia, Grécia e ainda vários outros na Europa e América Central. A empresa funciona como operadora, vendendo pacotes para agências, e também como agência, comercializando pacotes direto ao consumidor. A sede, com a loja, fica na avenida Ipiranga, no Centro de São Paulo.

O dono da Lynden vive no Brasil desde os 19 anos. Ele nasceu na Aldeia de Drih, na região de Shouf, e se mudou do país porque era perseguido político. Logo que desembarcou no Brasil trabalhou com os tios, que eram fabricantes de produtos têxteis, e depois ele mesmo virou fabricante de roupas, de cortinas, atuou com vendas ao atacado, e chegou a ter um restaurante. Mahassen estudou Jornalismo e História, mas não concluiu a graduação. Depois que abriu a Lynden, há 20 anos, deixou de lado os outros negócios. Mahassen também é poeta, com livros publicados na área, e integra o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), pelo qual foi candidato a deputado estadual de São Paulo neste ano, mas não se elegeu.

Contato:
Lynden
Telefone: +55 (11) 3313 1150
Email: lynden@lynden.com.br}
Site: www.lynden.com.br

Ministério do Turismo do Líbano

Publicações relacionadas