Árabes oferecem experiências culturais no Airbnb

O projeto Experiências oferece atividades personalizadas por 20 refugiados em São Paulo. Quatro delas foram criadas por imigrantes de origem árabe.

Thais Sousa
tsousa@anba.com.br

São Paulo – Entre os 20 refugiados selecionados para o novo projeto do Airbnb, o Experiências, quatro são de origem árabe. O Airbnb Experiências oferece opções que vão desde visitas personalizadas pela cidade até degustações de pratos típicos. A ideia é que os anfitriões possam oferecer atividades únicas e que sejam ligadas à sua própria cultura.

As ações oferecidas pelos refugiados já estão disponíveis na cidade de São Paulo. A iniciativa surgiu do Projeto Raízes na Cidade, criado em parceria com a organização social Migraflix, que visa conectar este público à sociedade brasileira por meio do empreendedorismo. Todo o valor das experiências é repassado aos criadores.

Entre as atividades culturais, está o ‘Aprenda a fazer o Pão Caseiro da Síria’, com a síria Fatima Ismail. No Brasil desde 2014, ela atende encomendas para festas e eventos, fornecendo alimentos como coalhada, hommus, babaganuche, mjadra, shishbarak, quibe, além de pratos na versão vegetariana. A experiência é mão na massa, e Fátima também serve um café de boas-vindas junto com aperitivos. Entre um passo e outro da receita do pão, ela conta sua trajetória e guinada na sua vida após a guerra na Síria.

Já a ‘Dança Ritual do Oriente Médio’ é oferecida por Yara Tanji, palestina nascida na Síria. Formada em advocacia e como professora de dança, ela já se apresentou em teatros e óperas de países como China, Canadá e Rússia. Tanji é especializada em iniciação de Ballet clássico e dança árabe-Andaluz, tipo de dança usado em rituais.

Para a ‘Experiência de comida síria original’, a síria Ghazal Baranbo vai receber os visitantes em sua própria casa. A experiência disponível no Airbnb oferece uma mesa cheia de delícias árabes. Ela vai contar a história sobre sua chegada ao Brasil e sobre sua vida.

Por fim, na ‘Viagem a Damasco’, a anfitriã é Yamam Saad, da Síria. Formada em Arqueologia, Saad trabalhava no Museu Nacional de Damasco. A atividade guia os visitantes pelas ruas da parte antiga e histórica de Damasco através de um vídeo produzido especialmente para o tour virtual. O roteiro também inclui restaurantes tradicionais da cidade e durante a experiência são servidos pratos árabes típicos dos locais. A atividade inclui degustação de café árabe e cada visitante leva um quadro com seu nome escrito em caligrafia árabe. No final da “viagem”, Saad mostra em vídeo como a guerra afetou seu país e a cidade com imagens de antes e depois.

Taste of São Paulo

Ainda neste mês, três refugiados de origem árabe ligados ao Migraflix vão participar de um evento na capital paulista. São eles Ghazal Baranbo, e os sírios Omar Suleibi e Salsabil Matouk. Eles estarão no Taste of São Paulo, festival que reúne restaurantes e chefs no Clube Hípico de Santo Amaro. O Festival gastronômico terá pela primeira vez a presença da Migraflix, que levará seu coletivo que reúne um total de 13 chefs vindos de países como Bolívia, Síria, Irã, Haiti, Índia, México e Venezuela.

Serviço

Taste of São Paulo
Dias 16, 17 e 18 de agosto; e 23, 24 e 25 de agosto
Valor: de R$40 a R$60
Clube Hípico de Santo Amaro – R. Visc. de Taunay, 508 – Vila Cruzeiro, São Paulo – SP
Mais informações: https://saopaulo.tastefestivals.com

Reprodução/Facebook

Publicações relacionadas