Airbnb escolherá 20 experiências de refugiados para apoiar

Um júri vai selecionar as melhores propostas do projeto Raízes da Cidade para participar de campanha oficial do projeto Experiências da plataforma Airbnb.

Thais Sousa
tsousa@anba.com.br

São Paulo – A plataforma on-line que oferece estadia conectando anfitriões e visitantes Airbnb vai escolher as 20 melhores propostas de experiências criadas por refugiados e imigrantes a partir do projeto Raízes na Cidade. A iniciativa capacitou pessoas em situação de refúgio em um curso que teve início em março deste ano em parceria com a ONG Migraflix, que trabalha com o empoderamento socioeconômico de refugiados.

A categoria Experiências, onde as atividades dos refugiados serão disponibilizadas, foi criada em 2016 pela plataforma. O produto é composto por atividades que podem ser reservadas na plataforma por pessoas que querem ter experiências relacionadas à região onde estão hospedadas. As atividades dos imigrantes terão base em suas habilidades artísticas e origens, e serão oferecidas na cidade de São Paulo.

A partir do curso Raízes na Cidade, 30 propostas foram selecionadas para o encerramento do projeto, neste sábado (01/06), no Unibes Cultural, em São Paulo. Na ocasião, um júri vai escolher as 20 melhores ideias que irão participar da campanha oficial do projeto Experiências do Airbnb. O evento é fechado para convidados e além das propostas culturais, haverá um coquetel com comidas típicas de diferentes países e apresentações musicais.

Dos imigrantes que se apresentarão, cinco são de origem árabe. Da Jordânia, Ayman Abdel Rahman A. Alabadleh apresentará uma experiência voltada para estilo de vida. Já os outros participantes árabes vêm da Síria. Fatima Ismail vai mostrar uma experiência sobre gastronomia, assim como Ghazal Barambo. Yamam Saad vai fazer apresentação com o tema cultura, e Yara Tanji apresentará dança.

O evento contará também com o músico sírio Rajana Oulby. Ele apresenta repertório próprio e é acompanhado pelo violonista Léo Bianchini. O júri conta com jornalistas, pessoas da equipe Airbnb especializadas na Experiências, o CEO da ONG Migraflix e uma influenciadora digital da área de gastronomia.

Todas as pessoas que participaram do curso poderão ser anfitriãs da categoria de Experiências do Airbnb, oferecendo atividades relacionadas às suas histórias de vida e culturas. A Migraflix informou que vai disponibilizar fotógrafos para os participantes que não forem selecionados, para que possam ter material para divulgação de suas experiências no Airbnb.

Reprodução/ Migraflix

Publicações relacionadas