Brasil dobrou exportação de açúcar em outubro

Vendas de açúcar ao mercado externo geraram US$ 1,2 bilhão no mês passado, 121% mais do que em outubro de 2019. Países árabes são compradores e fizeram importações de US$ 294 milhões.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – O Brasil mais que dobrou as exportações de açúcar em outubro. O açúcar também foi o produto mais exportado pelo País ao mercado árabe. De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o faturamento da exportação brasileira de açúcar ficou em US$ 1,2 bilhão no mês passado, 121% acima dos US$ 544 milhões de outubro de 2019.

Na lista de países compradores, a China aparece no topo, respondendo por 26% de tudo o que o Brasil exportou, gerando receita de US$ 311,7 milhões. Outros grandes importadores foram a Índia, com US$ 107,8 milhões e crescimento de 34% sobre outubro de 2019, Bangladesch, com US$ 85 milhões e alta de 94%, e Estados Unidos, com US$ 62 milhões e aumento de 202%.

Os países árabes como bloco importaram US$ 294 milhões em açúcar do Brasil no mês passado, segundo dados compilados pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira. Houve aumento de 45,8% sobre outubro do ano passado. Em volume foram exportadas 1 milhão de toneladas ao mundo árabe, com aumento de 45%. Como um todo, para todos os mercados internacionais, o Brasil exportou 4,2 milhões de toneladas em outubro, um recorde da série histórica.

Appa/Divulgação

Publicações relacionadas