Câmara Árabe lança escritório internacional em Dubai

Festa de lançamento do primeiro escritório da Câmara Árabe fora do Brasil ocorreu no Conrad Hotel, em Dubai, e contou com a presença de autoridades locais.

Bruna Garcia Fonseca
bruna.garcia@anba.com.br

Dubai – A Câmara de Comércio Árabe Brasileira lançou nesta terça-feira (19) seu primeiro escritório internacional, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. A festa de lançamento reuniu quase duzentas pessoas entre autoridades locais e brasileiras, além de associados e empresários que estão no país árabe para participar da Gulfood, a maior feira de alimentos do Oriente Médio.

O evento ocorreu no hotel Conrad. O membro do conselho executivo do emirado de Sharjah, Fahim Bin Sultan Al Qasimi (foto acima, centro), fez um discurso ressaltando a relação comercial crescente entre o Brasil e os Emirados Árabes, apesar de um desaquecimento no comércio global. “Nós estamos acompanhando um crescimento na casa dos dois dígitos no comércio entre o Brasil e os Emirados Árabes pelos últimos seis anos, e em 2017 alcançamos US$ 2,7 bilhões, e por isso eu digo [em português] obrigado, obrigado, obrigado”.

Walid Yazigi, presidente do Conselho de Orientação e Deliberação da Câmara Árabe, disse na efeméride que “a Câmara Árabe é diferente de todas as câmaras de comércio do Brasil porque sua atividade vai além do comércio. Na verdade, ela deveria se chamar Câmara da Amizade Árabe Brasileira. Muita gente separa amizade do comércio, mas a tradição árabe nunca fez essa separação”.

O embaixador do Brasil nos Emirados Árabes Unidos, Fernando Igreja, em seu discurso salientou que a relação entre o Brasil e os Emirados é de amor e tolerância. Os brasileiros têm sangue árabe, seja pela presença dos árabes no Brasil, seja pelo lado africano ou português. “E a Câmara Árabe é o resultado disso tudo, e coincide com o ano da Tolerância, lançado pelos dirigentes nacionais dos sete emirados, e amor e tolerância têm tudo a ver”, declarou. Igreja está no posto há um ano e oito meses.

Para o presidente da Câmara Árabe, Rubens Hannun, o primeiro escritório internacional da entidade servirá, além de apoio para as empresas brasileiras nos Emirados e demais países árabes, como uma porta de entrada para as empresas árabes que querem fazer negócios no Brasil. “Queremos fazer essa conexão, mostrar os caminhos para que as empresas árabes interessadas em fazer negócios com o Brasil tenham esse suporte. O escritório vai ser uma constante no mundo árabe”, ressaltou.

“O lançamento do primeiro escritório internacional é um marco na história da Câmara Árabe e servirá para manter e fazer novas relações e laços estratégicos. Não é só comércio, é uma relação de amizade e união”, avaliou Tamer Mansour, secretário geral da Câmara Árabe.

O chefe do escritório internacional da Câmara Árabe, Rafael Solimeo, declarou que o objetivo da filial em Dubai é ser um ponto de apoio não só para empresas brasileiras que querem vender aos árabes, mas também para os árabes que querem comercializar seus produtos para o Brasil. “A ideia é traduzir e facilitar as relações, encurtando o fuso horário que separa os continentes, e ajudar na burocracia para importar e exportar”, disse.

(segue após a galeria)

A Câmara Árabe foi fundada em 1952 e tem sua sede na capital paulista. Em maio do ano passado, a entidade abriu a sua primeira filial no Brasil, na cidade catarinense de Itajaí. O município é portuário e grande polo de exportação para o Oriente Médio e Norte da África. O escritório em Dubai vai atuar não apenas nas relações comerciais do Brasil com os Emirados, mas também com os demais países da região. A Câmara Árabe começou neste ano a implementar um planejamento estratégico com foco em 2028, que tem como meta transformar os países árabes de quinto a terceiro maior parceiro comercial do Brasil.

Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA

Publicações relacionadas