Câmaras árabes terão plataforma online de dados

Ideia do projeto foi apresentada na reunião da União das Câmaras Árabes, realizada na sede da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, em São Paulo, nesta terça-feira.

André Barros
andre.barros@anba.com.br

Os presidentes da Câmara Brasileira, Rubens Hannun (E), e da União das Câmaras, Nael Kabariti (D)

São Paulo – As câmaras árabes de comércio espalhadas pelo mundo deverão contar, nos próximos meses, com uma plataforma única de compartilhamento de dados e informações. Esse foi um dos principais temas abordados na reunião da União das Câmaras Árabes realizada na tarde desta terça-feira (03), na sede da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, em São Paulo.

Segundo o diretor-geral da Câmara Árabe Brasileira, Michel Alaby, um dos participantes da reunião, a ideia é fazer essa plataforma online para que todas as associadas da União possam ter acesso aos dados compartilhados. “Eu serei o coordenador do projeto dessa plataforma. Vamos tentar transformar isso também em um aplicativo”, disse o executivo à ANBA após a reunião. O intuito é que esses dados possam também ser acessados facilmente por smartphones.

O Fórum Econômico Brasil & Países Árabes, organizado pela Câmara Árabe Brasileira na segunda-feira (02), foi outro tema abordado na reunião. “Eles falaram muito sobre o fórum, elogiaram muito a organização. Agradeceram a toda a equipe da Câmara Árabe Brasileira pelo empenho na realização do evento”, contou Alaby.

Segundo o diretor-geral, fazia muito tempo que o Brasil não sediava uma reunião da União das Câmaras Árabes. O próximo encontro ficou agendado para maio em Amã, na Jordânia.

Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe

Publicações relacionadas