Forbes lista as 50 principais empresárias árabes

A edição árabe da revista publicou um ranking das mais importantes mulheres de negócios da região. No topo da lista está Lubna Olayan, presidente da saudita Olayan Financing, seguida de Maha Al-Ghunaim, do Kuwait, que é vice-presidente do banco de investimentos Global Investment House.

Silvia Lindsey
silvia@anba.com.br

Da redação*


São Paulo – A revista Forbes Arabia, edição para os países árabes da revista de negócios e finanças Forbes, publicou pela primeira vez um ranking das 50 empresárias mais importantes no mundo árabe em sua edição de 25 de março de 2006. Ele é uma seqüência à lista das 50 mulheres árabes mais influentes divulgada em dezembro de 2004, segundo o site de notícias econômicas Menareport.com.


O ranking da Forbes Arabia, que é sediada em Dubai nos Emirados Árabes Unidos, tem como objetivo identificar as principais tomadoras de decisão no mundo dos negócios da região, aquelas que estão abrindo o caminho para as próximas gerações de mulheres nos países árabes.


"As empresárias da região estão melhorando sua situação ativamente, existem muitas mulheres de negócios competentes e qualificadas contribuindo com o sucesso de suas economias, algumas em ambientes muito difíceis. Esse é o nosso reconhecimento ao trabalho delas", disse o editor-chefe da revista, Sulaiman al-Hattlan, segundo o Menareport.com.


Liderando a lista está a empresária saudita Lubna Olayan, presidente da Olayan Financing Company, braço financeiro do Olayan Group, grupo multinacional privado com 50 empresas e negócios afiliados nos ramos de fabricação e distribuição de bens de consumo, bens de capital e insumos, serviços e investimentos. A Olayan Financing investe muito na economia da Arábia Saudita e é constantemente citada como uma das principais empresas da região do Golfo, de acordo com o Menareport.com.


Lubna participa também do Fórum Econômico Mundial, por meio do grupo de lideranças femininas do Conselho de Negócios Árabes Mundial e é membro do Conselho da Arab Thought Foundation, ONG de intelectuais e empresários árabes.


Em segundo lugar no ranking está Maha Al-Ghunaim, vice-presidente e diretora-gerente do banco de investimentos Global Investment House. A empresária do Kuwait é uma figura importante no cenário financeiro do mundo árabe, sendo também membro do Comitê de Profissionais da Bolsa de Valores de Dubai, inaugurada em setembro de 2005.


Em terceiro lugar está Sheikha Al-Bahar, gerente-geral de para o setor de corporate banking do Banco Nacional do Kuwait; seguida por Raja Al-Gurg, empresária dos Emirados, líder do grupo de empresas EASA Al-Gurg e presidente do Comitê de Empresárias da Federação das Câmaras de Comércio e Indústria dos Emirados. Na quinta posição está Nahed Taher, presidente do Gulf Investment Bank, banco de investimentos sediado no Bahrein e a primeira mulher saudita a liderar um banco na região do Golfo.


Segundo o editor-chefe da Forbes Arabia, a lista é feita com base em uma série de critérios como a atual posição que a empresária ocupa, seu currículo, o tamanho e importância da empresa onde atua, sua influência, seu impacto social e cultural e a exposição na mídia regional e internacional. A Forbes conta com uma equipe de pesquisa com analistas e correspondentes na região para compilar as informações.


*Tradução de Silvia Lindsey

Publicações relacionadas