Fujairah atrai mais empreendimentos de petróleo

Zona industrial voltada ao setor no emirado teve anúncio de instalação de uma refinaria e abertura de uma represetação da Aramco Trading.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – A Zona Industrial de Petróleo de Fujairah (Foiz, na sigla em inglês) está atraindo novos investimentos do setor de petróleo, segundo reportagem da agência de notícias oficial dos Emirados Árabes Unidos, a Emirates News Agency (WAM). De acordo com a agência, a Foiz e o Porto de Fujairah, que fica na vizinhança, se consolidaram como um dos principais centros mundiais de abastecimento de petróleo.

No mês de maio, a Brooge Petroleum and Gas Investment Company, de Fujairah, e o grupo africano Sahara anunciaram planos de construir uma refinaria com capacidade para 250 mil barris por dia em combustíveis na Foiz. Segundo a WAM, a unidade será uma das primeiras desse tipo no Oriente Médio e Norte da África a cumprir determinação da Organização Marítima Internacional de limitar em 0,5% o enxofre no combustível.

No início deste mês, a Aramco Trading Company, subsidiária da petrolífera saudita Saudi Aramco, anunciou que abriu um escritório na Foiz. Segundo comunicado da empresa, o escritório é parte de um esforço global da Aramco Trading para estar em novos mercados e garantir compradores para o petróleo bruto e os produtos refinados da Aramco. A nova instalação cuidará de armazenagem e mistura de produtos.

Segundo a WAM, 18 companhias já estão instaladas na Zona Industrial de Petróleo de Fujairah. Entre as empresas de petróleo e gás presentes estão a Aegean Oil Terminal Corporation (AOT), a Horizon Terminals, a Global Terminal Investment (GTI), a Gulf Petrochem. Fujairah é o único emirado nos Emirados Árabes Unidos que fica na costa do Mar da Arábia, já que os demais estão na costa do Mar do Golfo.

Divulgação

Publicações relacionadas