Jovens catarinenses disputam competição em Dubai

Dois alunos de Física e Engenharia da Udesc participam nesta terça e quarta-feira do Global Management Challenge, que avaliará habilidades em gestão e estratégia.

Isaura Daniel
isaura.daniel@anba.com.br

São Paulo – Dois universitários de Santa Catarina representam o Brasil em uma competição de estratégia e gestão empresarial a partir desta terça-feira (17), em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Arthur Alberton Lenzi, estudante de Física, e Anna Beatriz Ribeiro, de Engenharia de Produção e Sistemas, concorrem no Global Management Challenge com jovens de 34 países.

Os dois estudam no Centro de Ciências Tecnológicas (CCT) da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), de Joinville, interior catarinense. Nesta segunda-feira (16), eles participaram da cerimônia de abertura da competição. A disputa ocorre efetivamente na terça (17) e quarta-feira (18).

Segundo a Udesc, a dupla venceu a etapa nacional da competição, que ocorreu em São Paulo em março, e superou 500 concorrentes. Arthur e Anna foram treinados pelo professor Fernando Natal de Pretto e viajaram acompanhados do professor Adolfo René Santa Cruz Rodriguez.

Em Dubai os competidores terão provas de estratégia e gestão de negócios. Serão apresentados a eles desafios a resolver nas áreas de produção, finanças, marketing e recursos humanos de uma empresa virtual, processo no qual vão utilizar um software simulador de gestão (business game).

A dupla brasileira embarcou para Dubai na quinta-feira (12) e teve tempo para conhecer o emirado. “A cidade é maravilhosa”, disse Arthur para a ANBA por telefone. “Fomos em vários lugares, é um lugar bem diferente por causa da cultura e por causa do clima”, afirmou o estudante.

Arthur diz ter boas expectativas para a competição. Ele gostou do grupo em que a dupla vai competir, segundo sorteio anunciado nesta segunda-feira pela noite. Arthur e Anna estarão no grupo Blue e vão disputar a semifinal nesta terça-feira com Índia, Grécia, Macao e República Checa.

Os demais grupos são Red (Estônia, México, Polônia, Eslováquia e Emirados), Green (Cabo Verde, Nigéria, Panamá, China, Rússia e Angola) e Yellow (Hong Kong, Quênia, Kuwait, Portugal e Espanha). A final ocorre quarta-feira.

Arthur atribui a conquista da dupla – a vitória para representar o Brasil no mundial em Dubai – à orientação do professor Pretto. “O que determinou em boa parte (a vitória) foi o professor e o empenho que tivemos de ir atrás e aprender bastante”, disse o universitário.

Acompanhe as notícias sobre a participação dos brasileiros:
https://www.facebook.com/gmcbrasil/

 

Alexandre Machado

Publicações relacionadas