Ministério do Turismo promoverá Brasil nos Emirados

Pasta pretende realizar missão ao país árabe para divulgar turismo brasileiro e tentar atrair investimentos para a área.

Isaura Daniel
isaura.daniel@anba.com.br

São Paulo – O Ministério do Turismo (MTur) está planejando uma missão aos Emirados Árabes Unidos para promover o turismo brasileiro, atrair investimentos para o segmento e fomentar o intercâmbio de experiências e conhecimento na área, de acordo com informações enviadas à ANBA pela assessoria de comunicação do ministério.

O tema foi discutido na metade do mês passado em encontro entre o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz (foto acima), e a embaixadora dos Emirados no Brasil, Hafsa Al Ulama, na sede do ministério. O encontro foi uma iniciativa do MTur com o objetivo de estreitar laços entre os países.

Segundo o ministério, foram debatidas a possibilidade de assinatura de um memorando de entendimento com os Emirados na área de turismo, a conectividade aérea entre as regiões, a possibilidade de viagem do ministro Vinicius Lummertz ao país árabe e a realização de evento sobre atração de investimentos no Brasil.

A missão para os Emirados ainda não tem data definida e os detalhes estão sendo trabalhados, segundo o MTur. O ministério informa que o país é um mercado de alto potencial para o Brasil, ocupando o 20º lugar no ranking da Organização Mundial do Turismo (OMT) entre as nacionalidades que mais gastam em viagens internacionais. O valor gasto pelo turista dos Emirados em viagem ao exterior é de US$ 1.740 em média.

O MTur lembra também que recentemente houve aumento das frequências de voos entre o Brasil e Emirados. A Emirates Airline colocou em operação nova rota neste mês entre São Paulo e Dubai, em um voo que tem como partida e destino final Santiago, no Chile. A iniciativa adicionou cinco novas opções na semana. “O MTur e a Embratur acreditam que isso pode incrementar o número de turistas dos Emirados no continente”, informa o ministério. A Embratur é a autarquia especial do ministério responsável pela execução da política nacional de turismo.

Em encontro com a embaixadora, o ministro Lummertz conversou também sobre a possibilidade de atração de investimentos dos Emirados para as marinas brasileiras, depois que a diplomata falou sobre aportes do país no setor pelo mundo. De acordo com o MTur, seria uma forma de atrair recursos dos Emirados para a área e dinamizar o turismo náutico no Brasil, que tem grande potencial. A Secretaria de Estruturação do Turismo do ministério está fazendo trabalho sobre as marinas, mas o assunto ainda é preliminar, segundo o MTur.

Entrou em vigor no começo de junho um acordo que isenta de visto para entrar nos Emirados brasileiros que viajam ao país a turismo, negócios ou trânsito, e vice-versa. As pessoas dos dois países podem circular no outro por até 90 dias a cada doze meses, com exigência apenas de apresentação, na chegada do destino, de um passaporte válido, sem necessidade de taxas. A medida não vale para fins de estudo e trabalho.

Roberto Castro/MTur

Publicações relacionadas