Santa Catarina puxa queda na produção

Estado foi onde produção industrial mais se retraiu em março sobre fevereiro: 4%. A média nacional foi queda de 1,8%. Também ficaram acima desse percentual Ceará, Paraná, Minas Gerais e Pará.

Agência Brasil
pauta@ebc.com.br

Rio de Janeiro – A retração da produção industrial brasileira em março foi puxada por Santa Catarina, onde a queda foi de 4% na comparação com fevereiro (na série com ajuste sazonal). O dado faz parte da Pesquisa Industrial Mensal Produção Física Regional (PIM-PF), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística nesta terça-feira (9). A pesquisa detalha o comportamento do setor por regiões.

Depois de Santa Catarina, os estados com maior retração foram Ceará, com 3,1%, Paraná (-2,9%); Minas Gerais (-2,8%) e Pará (-2,7%). Em todos eles, as quedas foram mais intensas do que a média nacional de 1,8% detectada em março pelo IBGE. Ainda com resultados negativos, mas abaixo da média, aparecem São Paulo (-1,7%), Rio Grande do Sul (-1,2%) e Espírito Santo (-0,7%). Em Pernambuco, o resultado ficou estagnado (0,0%).

Publicações relacionadas