Setor de serviços recuou 0,3% em janeiro

A queda divulgada pelo IBGE foi em relação ao mês de dezembro. Já em relação a janeiro de 2018, houve crescimento.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – O setor de serviços apresentou recuo de 0,3% no mês de janeiro comparado a dezembro de 2018. O dado foi divulgado nesta sexta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O volume se comparado com janeiro de 2018, no entanto, cresceu em 2,1%.

Foram 14 das 27 unidades da federação analisadas que registraram queda frente a dezembro de 2018. O pior desempenho foi de Mato Grosso, com 9,9% de queda. Já o Acre, caiu 9,6%, e São Paulo, 0,5%. O gerente da pesquisa do Instituto, Rodrigo Lobo, afirmou em nota que “em uma análise mais ampla, essa ligeira queda no resultado mensal não chegou a anular a média que se acumulou entre novembro de 2018 e janeiro deste ano”.

Duas atividades que somam 63% dos serviços no país apresentaram queda frente a dezembro de 2018. Uma delas foi o segmento de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, que caiu 0,6%. Outro serviço com queda foi de informação e comunicação, com baixa de 0,2%.

Já entre os setores com crescimento, estão serviços profissionais, administrativos e complementares, com 1,7%. Foram registradas altas de 4,8% em “outros serviços”, que englobam atividades como compra, venda e aluguel de imóveis e manutenção de veículos automotores; e de 1,1% em serviços prestados às famílias. Outro serviço acompanhado pela pesquisa é o de atividades turísticas. Em janeiro, o segmento cresceu tanto em relação a dezembro de 2018 (3,2%) quanto em comparação com janeiro de 2018 (3,8%). O destaque nesta área foi o estado de São Paulo, com 11,6%, que apresentou resultado positivo pela décima primeira vez seguida.

Licia Rubinstein/Agência IBGE Notícias

Publicações relacionadas