Superávit primário ficou em R$ 6,6 bilhões em abril

Mês é caracterizado por receitas sazonais, como Imposto de Renda e royalties do petróleo, o que fez as contas públicas brasileiras registrarem saldo positivo.

Agência Brasil
pauta@ebc.com.br

Brasília – As contas públicas do Brasil registraram saldo positivo em abril. De acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (31) pelo Banco Central (BC), o setor público consolidado, formado pela União, estados e municípios, anotou superávit primário de R$ 6,637 bilhões no mês passado.

Em abril de 2018, o resultado também foi positivo, entretanto menor: R$ 2,9 bilhões. Esse foi o maior resultado para abril desde 2017, quando houve superávit primário de R$ 12,908 bilhões.

O resultado primário é formado por receitas menos despesas, sem considerar os gastos com juros.

Segundo o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, era esperado resultado positivo nas contas públicas devido ao aumento de receitas características desta época do ano, como o pagamento de imposto de renda por pessoas físicas e jurídicas e recebimento trimestral pelo governo de royalties do petróleo e participações. “Em abril, há um conjunto de receitas sazonais ocasionando esse superávit”, disse Rocha.

Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Publicações relacionadas