Câmara Árabe recebe encerramento da Semana da África

Evento na noite desta terça-feira marcou o fim das comemorações do Dia Mundial da África em São Paulo. Embaixador Osmar Chohfi destacou que Brasil e África têm vínculos íntimos.

Thais Sousa
tsousa@anba.com.br

São Paulo – A Semana da África, evento que fez parte das comemorações do Dia Mundial da África (25 de maio) e buscou dar visibilidade ao continente, teve sua cerimônia de encerramento na noite desta terça-feira (28), na Câmara de Comércio Árabe Brasileira, em São Paulo. A Semana teve o apoio do Escritório Econômico e Comercial do Egito em São Paulo, que promoveu atividades a partir do dia 18 de maio em torno da cultura e do potencial do continente africano.

Para concluir as atividades, a banda Fanta Konatê e os Tambores da Guiné, da Guiné Conacri, fez uma apresentação com música e danças típicas africanas (foto acima). Fanta Konatê, a líder da banda, é cantora, compositora e dançarina. A Semana contou com eventos como a 1ª Feira Sindiartes no Mercado Municipal, que expôs artesanato do continente africano, réplicas dos bustos de Nefertiti e de Tutankamon, respectivamente rainha e rei do Egito Antigo, além de oficinas e palestras no Mercadão.

O embaixador Osmar Chohfi: Brasil e África tem vínculo íntimos

O encerramento do evento contou com palestras do cônsul Mohamed Elkhatib, chefe do escritório do Egito, do presidente da Câmara de Comércio Afro-Brasileira (Afrochamber), Rui Mucaje, do presidente do Centro Cultural Africano, Otunba Adekunle Aderonmu, e do vice-presidente de Relações Internacionais da Câmara Árabe, embaixador Osmar Chohfi.

Chohfi destacou o número de países árabes no continente africano. “Dos 22 países árabes, dez estão localizadas no continente africano, e o evento é importante por duas razões principais. Em primeiro lugar, porque ressalta vínculos entre Brasil e África que são vínculos íntimos. A maioria da população brasileira tem origem africana. Além destes vínculos humanos, o Brasil conseguiu desenvolver nas últimas décadas com a África uma relação de grande proveito mútuo. O comércio e cooperação econômica e técnica com a África é significativa na política externa brasileira tradicionalmente”, pontuou o embaixador.

Elkhatib: Egito ocupa a presidência da União Africana

Segundo o cônsul Elkhatib, a Semana fomentou oportunidades para a África nas áreas de turismo, economia e de investimentos. “Há muitas coisas entre a África e o Brasil e por isso é necessário celebrar o Dia da África. Para mim especialmente, porque o Egito está na presidência da União Africana. A Câmara Árabe representa 22 países, incluindo todos os países árabes na África, como o Egito. Temos uma parceria grande entre o Escritório do Egito e a Câmara e agradecemos a Câmara pela colaboração e o convite para fazer o encerramento da Semana da África”, concluiu Elkhatib.

A cerimônia de encerramento teve também a presença do cônsul-geral dos Emirados Árabes Unidos em São Paulo, Ibrahim Salem Alalawi, e representantes de países como Namíbia, Gabão e Lituânia.

Alexandre Rocha/ANBA
Rodrigo Rodrigues / Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues / Câmara Árabe

Publicações relacionadas