Confiança do consumidor é a maior desde janeiro de 2014

Índice da Confederação Nacional da Indústria sobre expectativas do consumidor avançou 2,7% neste mês para 113,6 pontos.

Agência Brasil
pauta@ebc.com.br

Brasília – O Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) aumentou 2,7% e alcançou 113,6 pontos em novembro, o maior valor desde janeiro de 2014. Foi a quinta alta consecutiva do indicador, que está 5,8 pontos acima da média histórica, que é 107,8 pontos. Os dados são da pesquisa divulgada nesta sexta-feira (23) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O INEC deste mês é 12,5% maior do que o registrado em novembro do ano passado. Para a CNI, essa melhora da confiança é fundamental para o crescimento econômico, já que consumidores mais confiantes têm mais disposição para comprar, gerando aumento da demanda, da produção, do emprego e dos investimentos.

De acordo com a confederação, o aumento do INEC é resultado, especialmente, da melhora das perspectivas dos brasileiros sobre a inflação e o emprego. Segundo a pesquisa, entretanto, os consumidores ainda mostram insegurança em relação à situação financeira.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Publicações relacionadas