Emirados querem aumentar fatia da indústria no PIB

Ministro da Economia do país, Sultan Al Mansouri, pretende que participação do setor na economia passe de 16% para 20% até 2021. Abu Dhabi e Dubai já desenvolveram estratégias de avanço.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – O ministro da Economia dos Emirados Árabes Unidos, Sultan Al Mansouri, afirmou que o país quer aumentar a participação da indústria no Produto Interno Bruto (PIB) local para 20% até 2021. No ano passado, o setor respondeu por 16% da economia nacional. As informações são do jornal The National.

“Atualmente, o ministério está trabalhando muito próximo a seus parceiros estratégicos em diversas leis e regulamentos que irão desenvolver o setor e reforçar sua atratividade”, destacou Mansouri.

A intenção do país do Golfo é reduzir a participação das receitas do petróleo na economia dos Emirados dos atuais cerca de 30% para 20% até 2021. Entre os incentivos que estão sendo elaborados para reforçar a atratividade industrial do país estão leis antidumping e de estímulo a investimentos estrangeiros.

Abu Dhabi planeja aumentar sua contribuição para o PIB industrial do país de 5% para 10% no longo prazo. Já Dubai desenvolveu uma estratégia industrial que visa adicionar o equivalente a US$ 43 bilhões na economia local até 2030. A iniciativa de Dubai inclui a criação de 27 mil postos de trabalho e o aumento das exportações do emirado em US$ 4,3 bilhões.

Vale lembrar que no primeiro semestre deste ano o comércio de produtos não petrolíferos dos Emirados Árabes como um todo, incluindo exportações e importações, cresceu 3% na comparação com o mesmo período do ano passado, somando o equivalente a US$ 150,6 bilhões. De acordo com dados do Banco Mundial, o PIB dos Emirados somou US$ 370,2 bilhões em 2015.

WAM/Junho/2015

Publicações relacionadas