Empresa libanesa vence competição de empreendedorismo árabe

Vencedores do Arab Entrepreneurship Rally foram anunciados na Conferência de Empresários e Investidores Árabes, em Manama, no Bahrein.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – A empresa libanesa DLOC Biosystems (foto acima) venceu o Rali de Empreendedorismo Árabe (em inglês, Arab Entrepreneurship Rally), com um prêmio de US$ 50 mil. Os ganhadores foram anunciados na Conferência de Empresários e Investidores Árabes (Abic) nesta terça-feira (12), em Manama, no Bahrein.

Participaram da premiação o diretor do Centro de Empreendedorismo da Academia, Wael Beddah (dir.), o secretário-geral da União das Câmaras Árabes, Khaled Hanafy (3º da dir. p/ esq.), e o secretário-geral da Liga Árabe, Ahmed Aboul Gheit (5º da dir. p/ esq.)

A Smart Wheelchair, do Egito, ficou em segundo lugar com um prêmio de US$ 25 mil, e o terceiro lugar ficou com a Ghallah, da Arábia Saudita, com um prêmio de US$ 10 mil. O concurso foi idealizado pelo Centro de Empreendedorismo da Academia Árabe de Ciência, Tecnologia e Transporte Marítimo, com sede no Egito, há três anos.

Esta foi a quarta edição da competição, que tem por objetivo ajudar jovens talentos a criar projetos inovadores. O prêmio foi promovido em parceria com o Escritório de Promoção de Investimentos e Tecnologia do Bahrein, com o apoio da Câmara de Comércio e Indústria do Bahrein, da Liga dos Estados Árabes, da União das Câmaras Árabes e da Federação das Universidades Árabes.

O Arab Rally Entrepreneurship é uma oportunidade para os estudantes universitários do mundo árabe apresentarem ideias de startups e competirem por prêmios em dinheiro. A competição oferece uma oportunidade para os participantes desenvolverem suas comunidades por meio de projetos tecnológicos. Os participantes também têm a oportunidade de apresentar seus projetos a empresários e investidores internacionais.

Mais de 750 equipes de 18 países árabes foram inscritas na competição, e uma equipe avaliadora selecionou um projeto para cada país árabe participante. As diferentes áreas do conhecimento incluíam tecnologia agrícola, programação e aplicações, fontes de energia renováveis ​​e tecnologia inteligente.

A Abic começou na segunda-feira (11) e terminou nesta quarta. A conferência contou com as participações da diretora da Câmara de Comércio Árabe Brasileira Cláudia Haddad e da gerente de Relações Institucionais da entidade, Fernanda Baltazar.

 

 

Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação

Publicações relacionadas