Exportação de calçados começa a melhorar

Depois de quatro meses de queda, as vendas externas brasileiras de calçados tiveram alta em junho sobre maio. Em relação ao mesmo mês do ano passado, porém, o recuo é de quase 50%.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – As exportações brasileiras de calçados cresceram em junho sobre maio, mas ainda têm forte recuo se comparadas ao mesmo mês do ano passado. O aumento sobre maio é o primeiro na comparação com o mês imediatamente anterior desde janeiro, segundo informações divulgadas pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados).

Em junho, o Brasil embarcou ao exterior 3,6 milhões de pares, que geraram US$ 35,6 milhões em receita. Houve alta de 32,7% em volume e de 49% em valores no comparativo com maio. Sobre junho do ano passado, a queda foi de 44,6% em pares e 47% em receita. No primeiro semestre, o Brasil exportou 43 milhões de pares, com US$ 330,5 milhões. O volume recuou 24,6% e a receita 31,2%.

O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, acredita que os números indicam retomada gradual do consumo em alguns dos principais mercados. “Já existe uma melhora no ambiente, mas ainda estamos muito abaixo da nossa performance habitual”, disse, segundo nota da entidade. Para o ano, há previsão de queda nas exportações entre 22% e 30%.

Diogo Moreira/A2 Fotografia

Publicações relacionadas