Imagens mostram cinemas do Líbano

Salas de exibição do país árabe estarão entre as fotos da exposição ‘Taswir, a fotografia árabe contemporânea’, que será aberta nesta quinta-feira (28) no Instituto Tomie Ohtake. Trabalho é do alemão Stephan Zaubitzer.

Isaura Daniel
isaura.daniel@anba.com.br

São Paulo – Os cinemas do Líbano estarão na exposição “Taswir, a fotografia árabe contemporânea”, que será aberta nesta quinta-feira (28) e vai até 28 de abril no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. A mostra terá trabalhos de 14 fotógrafos, entre eles o alemão Stephan Zaubitzer, conhecido por fotografar cinemas mundo afora.

Zaubitzer já clicou uma série de cinemas e as fotos do Líbano fazem parte de um conjunto sobre o Mediterrâneo. “O cinema mais antigo, cuja fachada dá para o mar, foi fundado em La Ciotat. Este cinema me fez querer atravessar esse mar”, contou o fotógrafo à ANBA por e-mail. Zaubitzer se refere ao cinema mais antigo do mundo, que fica na França, país banhado pelo Mediterrâneo, assim como países árabes como o Líbano.

No trabalho de fotografar os cinemas do Mediterrâneo, o objetivo do artista é reunir a memória e imaginação de mulheres e homens das duas margens. Zaubitzer conta que fotografar os cinemas da margem Sul do Mediterrâneo é seu projeto mais importante. Ele começou o trabalho em 2010 e deve finalizá-lo com uma viagem à Argélia.

O alemão vive e trabalha na França. Ele já teve suas fotos expostas em mostra no Brasil, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Rio de Janeiro, em 2015. “Estou feliz em expor de novo neste país”, disse ele. Zaubitzer afirma que pretende, com o trabalho que será mostrado na exposição de São Paulo, incentivar as pessoas a se encontrarem e a derrubarem muros que estão sendo construídos atualmente ao redor do mundo.

Stephan Zaubitzer estudou História, mas afirma que escolheu a fotografia para estar perto da realidade. “Meu projeto é fotografar o real, organizar o caos do real para encontrar uma lógica”, afirmou o artista. O fotógrafo já teve seus trabalhos mostrados na França, Alemanha, Líbano, Cuba, República Checa, Áustria, Bélgica, Romênia, além do Brasil.

O alemão ganhou vários prêmios importantes da fotografia, entre eles o World Press 2004 na categoria Artes e Espetáculos, e fez seis residências artísticas, uma delas no Instituto Francês de Beirute, no Líbano, em 2016, outra no Consulado da França no Rio de Janeiro, e outra no Instituto Francês de Casablanca, no Marrocos.

A exposição na qual estarão as fotos de Zaubitzer, em São Paulo, é promovida pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira e o Instituto do Mundo Árabe (IMA). Além de comemorar o Dia da Comunidade Árabe no Brasil, o 25 de março, a mostra celebra os 74 anos da Liga Árabe. É uma reedição de duas exposições realizadas pelo IMA, uma de jovens fotógrafos sobre a civilização árabe, de 2017, e outra sobre cristãos no Oriente.

Serviço

Exposição: “Taswir, a fotografia árabe contemporânea”
Abertura: 28 de março, às 19h30, para convidados
Até 28 de abril de 2019, de terça a domingo, das 11 às 20 horas
Entrada franca

Instituto Tomie Ohtake
Av. Faria Lima, 201, Complexo Aché Cultural
Entrada pela Rua Coropés, 88, Pinheiros, São Paulo, SP
Metrô mais próximo: estação Faria Lima, Linha 4 – Amarela
Tel.: (11) 2245-1900
Site: www.institutotomieohtake.org.br

Divulgação

Publicações relacionadas