Mulheres sauditas começam a viajar sem permissão de homens

Reforma que permite que mulheres da Arábia Saudita viagem sozinhas começou a valer.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – Entrou em vigor a reforma que permite que mulheres sauditas viajem sozinhas, inclusive para o exterior, sem a permissão de um homem da família. A imprensa local informa que mais de mil mulheres viajaram na Província Oriental da Arábia Saudita apenas algumas horas depois do fim da restrição. As informações são do site da revista Gulf Business, de Dubai.

Embora a reforma tenha sido anunciada no início de agosto, alguns elementos da restrição permanecem. A permissão dos pais ainda é exigida para mulheres menores de 21 anos sem planos de estudo para viajar para o exterior. Além disso, somente um pai ou parente do sexo masculino pode solicitar passaportes para meninas menores de 15 anos de idade.

A mulher saudita agora pode também registrar legalmente um casamento, divórcio ou nascimento de uma criança, tornar-se guardiã oficial de uma criança e receber documentos oficiais da família.

O relaxamento das regras que restringem os direitos das mulheres sauditas vem ocorrendo gradualmente nos últimos anos. Em 2018, as mulheres tiveram o direito de dirigir pela primeira vez.

AFP

Publicações relacionadas