Navegação mundial reduzirá 50% das emissões até 2050

Mais de 170 países, entre eles o Brasil, se comprometeram a diminuir emissões de gases de efeito estufa da navegação, em acordo assinado em Londres.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo –  Os países-membros da Organização Marítima Internacional (IMO) fizeram um acordo nesta sexta-feira (13) para reduzir em 50% as emissões de gases de efeito estufa da navegação até 2050. A reunião ocorreu em Londres e o acordo foi assinado por mais de 170 países, entre eles o Brasil. A redução das emissões se dará sobre os níveis de 2008.

De acordo com informações divulgadas pelo governo brasileiro, o Brasil, assim como muitos outros países, expressou dúvidas sobre uma meta global dessa natureza. “Ela pode levar a aumentos no custo do frete marítimo, com impactos negativos desproporcionais sobre os países em desenvolvimento e geograficamente distantes dos seus mercados, impactos pouco estudados”, disse o governo brasileiro por meio de nota à imprensa.

O acordo é uma estratégia inicial. A partir de 2019, a Organização Marítima Internacional conduzirá uma coleta de dados de emissões de navios e trabalhos técnicos que informarão a estratégia final a ser adotada em 2023.

Yu Fangping/AFP

Publicações relacionadas