Receita da indústria de máquinas cresceu

Indústria brasileira de equipamentos teve alta de 0,7% na receita líquida em 2019, segundo balanço divulgado pela Abimaq.

Agência Brasil
pauta@ebc.com.br

São Paulo – O setor de máquinas e equipamentos teve alta de 0,7% na receita líquida de 2019 em comparação com o ano anterior, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (27) pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). A receita líquida ficou em R$ 82,4 bilhões no ano passado.

As exportações tiveram uma queda de 7,2% em 2019, totalizando US$ 9 bilhões. A queda foi influenciada pela retração de 18,1% nas vendas para a América Latina, com forte queda nas compras da Argentina (28,1%), Paraguai (23,8%) e Chile (9%). A região responde por 33,7% das vendas para o exterior.

A receita líquida no mercado interno teve alta de 7,1% no ano, com um volume de R$ 46,3 bilhões. Segundo o presidente da Abimaq, José Velloso, parte dessa expansão são empresas que tiveram que comprar novos equipamentos para substituir os que ficaram ultrapassados pela falta de investimento nos últimos anos.

Divulgação

Publicações relacionadas