USP promove curso e mostra de cinema árabe

Ciclo Cinema do Mundo Árabe foi criado a partir de curso do professor Richard Peña, da Universidade Columbia, dos Estados Unidos. Sessões vão até 02 de junho.

Thais Sousa
tsousa@anba.com.br

São Paulo – A Universidade de São Paulo (USP) está realizando sua primeira mostra de Cinema do Mundo Árabe. O evento foi criado a partir de um curso sobre a temática árabe ministrado pelo professor Richard Peña, da Universidade Columbia, dos Estados Unidos. Com início nesta segunda-feira (13), a mostra reuniu mais de 90 pessoas em seu primeiro dia. As apresentações seguem até 02 de junho. A programação tem, além dos filmes propostos pelo professor, curadoria de equipe da USP com o apoio do Instituto de Cultura Árabe (ICArabe). São 14 filmes de diferentes países.

O curso do professor oferecerá certificado a quem se inscreveu previamente, mas ainda é possível assistir à mostra de forma gratuita e sem necessidade de inscrição. Peña já havia participado de eventos na USP em anos anteriores e foi ele quem sugeriu o curso focado em cinema árabe. “O professor passou uma época no Brasil e fala português. Ele é especialista em cinema mundial e estudou e entende bastante de cinema árabe. A ideia (da mostra) surgiu porque temos programação de mostras temáticas periodicamente, mas nunca tínhamos feito de cinema árabe. Achamos superinteressante a proposta. Originalmente o curso tem 10 aulas. Expandimos a lista base do professor Richard e acrescentamos [mais filmes] à programação”, explicou Thiago de André, coordenador de programação do Cinema Paulo Emílio da USP (Cinusp), à ANBA.

Para a parceira, o Icarabe auxiliou na curadoria e cedeu filmes de seu acervo. “Eles (equipe da USP) nos procuraram para a parceria por conta da nossa expertise. É um evento importante porque há muitos anos eles já têm estudos, são conhecidos do departamento de letras orientais, literatura e cinema. O Richard Peña é uma pessoa bem conhecida no meio do cinema árabe, com prestígio”, afirmou Arthur Jafet, diretor cultural do ICArabe, em entrevista por telefone à ANBA.

O curso é dividido em duas partes. A primeira é centrada no cinema egípcio, com cinco aulas desde o crescimento da indústria cinematográfica do país até longas mais contemporâneos, o mais recente de 2016. “De certa forma o domínio do cinema no mundo árabe era egípcio, sendo que o Egito respondeu por 90% do cinema da região até a década de 90”, apontou André. A segunda parte do curso conta com outras cinco aulas que tratam individualmente da Argélia, Síria, Tunísia, Palestina e Líbano.

As aulas do curso se dão com uma breve introdução antes do filme, a exibição e, na sequência, um debate sobre a obra, que inclui a discussão do seu contexto histórico, cultural e estético. O curso segue durante as duas primeiras semanas, mas a mostra continua depois do término das aulas.

Os filmes exibidos serão: Omar Gatlato (Argélia); São eles os cães (Marrocos); Amores, roubos e outras complicações (Palestina); Baba Aziz – o príncipe que contemplava sua alma (Tunísia); Os silêncios do palácio (Tunísia); Caramelo, do Líbano (foto cima); A noite (Síria), Crônica de um desaparecimento (Palestina); Omar (Palestina); Os últimos dias da cidade (Egito); Determinação (Egito), Estação do Cairo (Egito); A porta fechada (Egito); e A múmia – a noite da passagem dos anos (Egito).

Serviço

Mostra Cinema do Mundo Árabe
De 13 de maio a 02 de junho
De segunda a sexta no Cinusp Paulo Emílio, na Cidade Universitária – Rua do Anfiteatro, 181 – Favo 4 – Butantã
Aos finais de semana no Cinusp Maria Antônia – Rua Maria Antônia, 294 – Vila Buarque
Programação completa e mais informações aqui
Entrada gratuita

Cinusp / Divulgação

Publicações relacionadas