Venda de calçados do Brasil aos Emirados segue em alta

Foram embarcados 690,7 mil pares no primeiro bimestre, um aumento de 167% sobre o mesmo período de 2018. Faturamento ficou em US$ 4,57 milhões, um crescimento de 117% na mesma comparação.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – As exportações de calçados brasileiros aos Emirados Árabes Unidos seguem em crescimento este ano. Foram embarcados 690,7 mil pares para lá no primeiro bimestre, um aumento de 167% sobre o mesmo período do ano passado. As vendas somaram US$ 4,57 milhões, um crescimento de 117% na mesma comparação. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (11) pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados).

O país árabe foi o 10º maior mercado dos calçadistas brasileiros no exterior nos dois primeiros meses do ano. No total, o Brasil exportou 26 milhões de pares em janeiro e fevereiro, um avanço de 26% em relação ao mesmo período de 2018. As receitas aumentaram 16% na mesma comparação, para US$ 183,7 milhões.

O presidente da Abicalçados, Heitor Klein, disse que o desempenho está sendo puxado pelos Estados Unidos, maior mercado do Brasil nesta área. “Como forma de precaução frente a possíveis entraves que possam ser provocados pela guerra comercial entre Estados Unidos e China, o importador daquele país vem diversificando suas fontes de fornecimento de calçados. Com isso, ganhamos espaço”, afirmou Klein, de acordo com comunicado da entidade.

Em fevereiro, isoladamente, o Brasil embarcou 11 milhões de pares, um aumento de 17,4% sobre o mesmo mês de 2018. As vendas externas renderam US$ 84,4 milhões, um crescimento de 8,8% na mesma comparação.

Nelson Almeida/AFP

Publicações relacionadas