Vendas de veículos cresceram 4,8% no Marrocos

Foram comercializadas 104,6 mil unidades no mercado marroquino de janeiro a julho, dos quais 89,1 mil foram importadas.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – As vendas de veículos novos aumentaram 4,86% no Marrocos de janeiro a julho deste ano, segundo informações divulgadas pela Associação dos Importadores de Veículos Automotores do Marrocos (AIVAM), em notícia da Maghreb Arabe Presse (MAP). Foram 104,6 mil unidades comercializadas no acumulado do ano até o final de julho contra 99,8 mil no mesmo período em 2017.

Deste total, 89,1 mil veículos foram produtos importados e 15,5 mil foram fabricados localmente. No caso das unidades produzidas fora do país, houve aumento de 5,21% na comercialização deste ano sobre iguais meses do ano passado. Também ocorreu crescimento nas vendas dos veículos fabricados no Marrocos, em 2,87%.

Dos 104,6 mil veículos vendidos no Marrocos, os automóveis de passageiros somaram 96,8 mil unidades comercializadas nos sete primeiros meses deste ano e 92,4 mil no mesmo período de 2017. O aumento, neste caso, foi de 4,77%. As vendas de veículos comerciais leves melhoraram 5,96% no país árabe, para 7,8 mil unidades.

Segundo a AIVAM, a Dacia foi a marca com maiores vendas no Marrocos de janeiro a julho, com 30,4 mil unidades e crescimento de 4,28% sobre os mesmos meses do ano passado. A Renault ficou em segundo lugar, com 15 mil veículos e avanço de 18,32%, seguida por Volkswagen, com 7 mil unidades e crescimento de 5,48%, Hyundai com 6,9 mil veículos e aumento de 1%, e Fiat, com 5,9 mil unidades e alta de 17,75%. A sexta marca com maiores vendas no Marrocos foi a Ford, a sétima foi a Peugeot, a oitava a Nissan, a nona a Toyota e a décima a Citroen.

Em carros do segmento premium, ocuparam as primeiras colocações no mercado marroquino de janeiro a julho a Mercedes, a BMW e a Audi.

Fadel Senna/AFP

Publicações relacionadas