Festa do Imigrante terá atrações de cinco países árabes

Evento organizado pelo Museu da Imigração ocorre nos dias 02, 08 e 09 de junho com gastronomia, apresentações artísticas, artesanato e oficinas. Comunidades da Síria, Palestina, Egito, Iraque e Marrocos participam.

Bruna Garcia Fonseca
bruna.garcia@anba.com.br

São Paulo – A tradicional Festa do Imigrante chega à sua 24ª edição com atrações de 48 países, sendo cinco árabes. Síria, Palestina, Marrocos, Iraque e Egito participam do evento que reúne gastronomia, música, dança, artesanato, oficinas e contação de histórias. A festa ocorre em 02, 08 e 09 de junho, no Museu da Imigração, em São Paulo.

O tema deste ano é “Reencontre suas Raízes” e tem o intuito de enaltecer os saberes e a cultura de comunidades de imigrantes e descendentes que contribuem para a formação do Estado de São Paulo. A diretora executiva do Museu da Imigração, Alessandra Almeida, falou à ANBA sobre o evento. “Queremos levar nosso público a refletir sobre este novo fluxo migratório, porque o tema da imigração é tão importante e mais atual do que nunca. Nossa sociedade precisa tratar do tema com responsabilidade e generosidade”, declarou.

A feira traz não só os povos das migrações históricas de São Paulo, mas também das migrações contemporâneas, como Venezuela, Síria, Moçambique, Bolívia e Camarões. “Queremos que todos os povos se sintam representados no nosso evento”, disse Almeida.

Para a diretora, os povos árabes são tão importantes quanto os demais representados na feira. “Os árabes foram muito importantes para a construção da identidade paulista, e iremos mostrar um pouco da pluralidade de culturas que tanto contribuiu para o desenvolvimento de São Paulo”, pontuou.

(Continua após a galeria)

Entre os países representados na festa estão também Alemanha, Armênia, Bolívia, Bulgária, China, República do Congo, Espanha, Grécia, Índia, Japão, México, Polônia e Rússia.

A Festa do Imigrante tem programação para toda a família. “Nosso público é diverso, vão famílias, jovens, idosos, e desde o ano passado, adotamos a cultura da acessibilidade”, informou Almeida. O evento disponibiliza recursos como tradução em Libras para oficinas e aulas de dança, e as apresentações artísticas contarão com áudio descrição. A festa também entregará folhetos informativos do evento em braile e terá uma equipe à disposição para o atendimento de pessoas com deficiências auditiva e visual.

O Museu da Imigração é uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. A programação ocorre das 10 às 18 horas, mas a bilheteria fecha às 17h30. O valor do ingresso é de R$ 10,00, e a meia-entrada, R$ 5,00. Em 2018 (fotos acima), mais de 20 mil pessoas visitaram a festa que celebra a diversidade dos povos.

Programação de países árabes

Dentro da vasta programação ao longo dos três dias de evento, que contará com a presença de 58 expositores de alimentação, 29 de artesanato e apresentação de 48 grupos artísticos, os árabes estarão presentes em diversas atrações.

No dia 02 de junho (domingo) ao meio-dia, o Grupo Ô, Minha Gente, de contação de histórias para crianças, fará a leitura do livro “Layla, a Menina Síria”, de Rosi Vilas Boas, Cassiana Pizaia e Rima Awada. Às 18 horas, haverá show do Grupo Sawalef, do Marrocos.

Entre as apresentações artísticas de sábado, 08 de junho, está uma da Bibliaspa, ao meio-dia. Às 12h30, haverá aula de dança do ventre do Espaço Artístico e Terapêutico Malaika. Mais tarde, às 15h30, o grupo palestino Arab Productions–Canja dará aula de Dabkeh – dança típica árabe – e dança do ventre.

No último dia da festa, domingo, 09 de junho, o Agrupamento Teatral fará contação de história do livro “Um outro país para Azzi”, de Sarah Garland, ao meio-dia. Às 14 horas, começa a oficina de artesanato árabe “Suporte para vasos na técnica do macramê”, com Cristiane Moreno. Às 14h30, um show do grupo palestino Arab Productions–Canja. E por fim, às 17 horas, a oficina de caligrafia árabe com o palestino Salim Mhanna.

A programação completa com todos os países está no site do museu.

Serviço

24ª Festa do Imigrante
02, 08 e 09 de junho
Das 10h às 18h (bilheteria até 17h30)
R$ 5 (meia) e R$10 (inteira)
Museu da Imigração
Rua Visconde de Parnaíba, 1.316
Mooca, São Paulo
Próximo à Estação Bresser-Mooca do Metrô

 

Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação
Divulgação

Publicações relacionadas