Companhias egípcias querem vender tâmaras para o Brasil

A Egyptian Export Center HB e a Orient Group exportam principalmente para África e Ásia, mas estão de olho no mercado brasileiro. Egito tem a maior produção de tâmaras do mundo.

Bruna Garcia Fonseca
bruna.garcia@anba.com.br

Dubai – Companhias egípcias produtoras de tâmaras estão de olho no mercado brasileiro. Presentes na Gulfood, maior feira de alimentos e bebidas do Oriente Médio, a Egyptian Export Center HB e a Orient Group manifestaram interesse em exportar para o Brasil. O Egito tem a maior produção de tâmaras do mundo.

A gerente de exportações da Egyptian Export Center HB, Basma Al Banna (foto acima), informou à ANBA durante a Gulfood, em Dubai, nesta segunda-feira (17), que a companhia tem 32 anos e que exporta para mais de 25 países, principalmente na África e Ásia. Nas Américas, suas tâmaras chegam na Argentina e no Canadá. A companhia também comercializa temperos e frutas como laranjas e limões, mas seu produto principal é a tâmara.

A empresa produziu sete milhões de toneladas em 2019, e exportou 95% do total. “Estamos buscando abrir o mercado no Brasil especificamente, um mercado muito bom para fazer negócios, mas que tem muita competição para tâmaras”, afirmou Al Banna. Os brasileiros geralmente compram as variedades medjool, cultivada em regiões como Palestina e Israel, ou deglet nour, de países como Tunísia, de acordo com a executiva.

“A nossa variedade é a tâmara semi dry, temos um custo baixo porque elas não precisam de refrigeração nos contêineres, e a medjool e a deglet nour precisam. Essas duram oito meses, as nossas duram 18 meses porque não têm muita umidade”, explicou.

Al Banna acredita que o Brasil precisa de mais informação sobre as tâmaras egípcias.  No ano passado o Egito produziu quase 1,1 milhão de toneladas da fruta. “Tem muita gente que nem sabe que o Egito produz tâmaras, nós somos o maior produtor de tâmaras do mundo. Nossas tâmaras são muito boas, duram mais e são mais baratas e fáceis de transportar”, disse. A Egyptian Export Center HB comercializa as tâmaras das marcas Baraka, Maryam e Sondoss.

Rawya El Masry, gerente de contas da Orient Group, informou à ANBA que a companhia exporta 100% da produção de tâmaras e 30% do total das tâmaras embarcadas ao mercado internacional pelo Egito. “Somos a maior exportadora de tâmaras do país”, afirmou a gerente. “Queremos abrir novos mercados, novas oportunidades. Infelizmente não tenho verba para ir até o Brasil, então participo de eventos como a Gulfood para fazer esse relacionamento”, declarou.

Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA
Bruna Garcia/ANBA

Publicações relacionadas