Curso terá aulas sobre invasão de Napoleão ao Egito

As duas primeiras palestras do Ciclo de Encontros sobre História e Cultura Árabo-Islâmicas tratarão da invasão do general francês ao país árabe. As inscrições estão abertas.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – O episódio da invasão de Napoleão ao Egito em 1798 é tema das duas primeiras aulas do Ciclo de encontros sobre História e Cultura Árabo-Islâmicas, dias 03 e 10 de julho, às 19 horas, no auditório da Livraria Martins Fontes Paulista, na Avenida Paulista, 509, 2º andar, em São Paulo. Os encontros são organizados pela Lente Cultural, com apoio da Câmara de Comércio Árabe Brasileira.

Segundo o professor Plínio Freire Gomes, as aulas abordarão o fato de Napoleão ter invadido o Egito como estratégia geopolítica para romper o contato entre a Inglaterra e sua maior colônia, a Índia, para forçar os britânicos a sair da França. A história será contada do ponto de vista do povo egípcio, falando das consequências dessa invasão francesa para a população, que acaba se organizado politicamente e faz surgir um movimento nacionalista a partir da ocupação, que durou cerca de um ano. Na imagem acima, Napoleão está montado em um camelo na pintura “Napoleão no Egito”, de 1863, do artista Jean-León Gerome.

“Este episódio histórico marca a fundação da geopolítica, que está presente até hoje, em que nações atacam países estrategicamente localizados, próximos ao ‘inimigo’, para desestruturá-los econômica e politicamente. Seguindo a mesma linha de raciocínio, temos a guerra no Iraque após o 11 de setembro, por George W. Bush, e a guerra do Vietnã, consequência da Guerra Fria (entre União Soviética e Estados Unidos)”, disse Gomes, que ministrará as aulas.

O professor é mestre em História pela Universidade de São Paulo (USP), viveu por quase 20 anos entre a Europa e o Oriente Médio e tem a cultura islâmica como principal área de atuação. Ele leciona no Museu de Arte de São Paulo (Masp), Museu de Arte Sacra e Museu de Arte Moderna (Mam); e em instituições como Casa do Saber, Centro Universitário Maria Antonia e Instituto de Cultura Árabe, além do coletivo Lente Cultural, do qual é membro fundador.

Gomes também irá ministrar as aulas sobre As “Cruzadas”: História e Mito I e II, nos dias 10 e 17 de setembro. No total, serão onze encontros de diversos temas dentro deste universo, e o último ocorre em 04 de dezembro. O investimento é de R$ 45 por palestra.

Lente Cultural é um projeto cooperativo que promove cursos sobre Literatura, História, História da Arte e Filosofia, com o objetivo de oferecer o acesso para o público geral, de todas as idades, a preços abaixo do mercado. Para mais informações e inscrições acesse o site da Lente Cultural.

Serviço
Napoleão no Egito I e II – Ciclo de Encontros sobre História e Cultura Árabo-Islâmicas
03 e 10 de julho, das 19h às 21h30
Auditório da Livraria Martins Fontes Paulista
Avenida Paulista, 509, 2º andar – São Paulo – SP
www.lentecultural.com.br

Reprodução

Publicações relacionadas