Exposição no Parque Villa-Lobos mostra cultura do Kuwait

Desta sexta-feira até domingo é possível ver fotos, quadros e peças de coleção sobre a cultura kuwaitiana na Biblioteca do Parque Villa-Lobos, na capital paulista.

Isaura Daniel
isaura.daniel@anba.com.br

São Paulo – A arte do Kuwait pode ser vista até o próximo domingo (08) na Biblioteca do Parque Villa-Lobos, na capital paulista. Uma exposição com fotos, quadros e peças que remetem à cultura do país árabe foi aberta ao público nesta sexta-feira (06) como parte da Semana Cultural do Kuwait, promovida pela Embaixada do Kuwait no Brasil com apoio da Câmara de Comércio Árabe Brasileira.

Ashkanani trouxe peças da sua coleção

Uma parte da exposição é composta por peças que são símbolos da vida cotidiana antiga e atual no Kuwait, integrantes da coleção do kuwaitiano Husain Ashkanani, que está no Brasil para a mostra. São desde peças para barcos e miniaturas deles até cestos artesanais, baús e malas antigas, selos postais, equipamentos de telecomunicação e rádios, fitas cassete de cantores locais, tambores, roupas, entre outros.

Na abertura da mostra, Ashkanani contou à reportagem da ANBA que começou a colecionar por hobby, mas mais tarde foi convidado pelo governo para apresentar, com outros colecionadores, a cultura do Kuwait fora do país. Ele possui cerca de mil objetos em um museu que mantém na própria casa e trouxe para o Brasil ao redor de 300 peças. O colecionador escolheu objetos que mostram o cotidiano e a casa do kuwaitiano, e também relacionados a barcos, que são símbolo do país.

Al-Amiri fotografa o artesanato do Kuwait

Da exposição também fazem parte quadros com imagens clicadas pelo fotógrafo Hamed Al-Amiri, presente na abertura da mostra. As fotos trazem ícones turísticos do Kuwait, como as suas três torres, e a capital Cidade do Kuwait, além de imagens de marina, barcos, paisagens, artesãos e artesãs em momento de atividade, homens árabes com seus falcões, entre outras.

Al-Amiri contou à ANBA que participa de mostras culturais com o governo fora do país e que é a primeira vez que apresenta seu trabalho no Brasil. “Quis mostrar para o povo brasileiro como era o Kuwait no passado e como é hoje”, disse ele, sobre a seleção de fotos. O fotógrafo lembra que antigamente o Kuwait vivia da pesca e o artesanato representava importante atividade econômica.

Al-Ali fez desenhos com a palavra Maomé

Uma parte da exposição que muito chama a atenção são os quadros contendo desenhos geométricos. É o trabalho e a arte de Farid Al-Ali, no qual ele deu as mais criativas possibilidades de formas e desenhos para o nome de Maomé. Al-Ali fez primeiro um trabalho igual com a palavra Allah (Deus) e depois resolveu se dedicar a Maomé. Foram 500 obras, das quais a exposição em São Paulo traz uma pequena mostra.

Al-Ali mesclou artes plásticas, caligrafia árabe e engenharia arquitetônica e dividiu seu trabalho em onze grupos: cúfico angular, suave, misto, circular, quatro triângulos, quartos de círculo, triangular, quadrangular e hexagonal, octogonal. “Qualquer cultura, em todo mundo, pode entender formas”, afirmou o artista à ANBA. Ele levou seis anos para fazer os 500 desenhos.

A exposição foi aberta com a presença dos três artistas pelo embaixador do Kuwait, Nasser Almotairi, e o vice-presidente administrativo da Câmara Árabe, Mohamed Orra Mourad, ao lado de outros representantes do Kuwait e da Câmara Árabe, como o secretário-geral Tamer Mansour.

Exposição foi inaugurada nesta sexta-feira

Almotairi lembrou que Brasil e Kuwait têm um acordo na área de cultura e que esse é um dos motivos da realização da mostra na Biblioteca do Parque Villa-Lobos e da Semana Cultural do Kuwait. Outra razão da exposição é mostrar aos brasileiros a cultura do Kuwait, segundo o embaixador. “É um tipo de diplomacia, diplomacia não é apenas política e econômica”, disse ele.

A Semana Cultural do Kuwait foi aberta na quinta-feira (05) à noite, em solenidade na sede da Câmara Árabe, e terá ainda uma palestra sobre o ensino da língua árabe no Brasil neste sábado, dia 07, das 9h30 às 12 horas, na Biblioteca do Parque Villa-Lobos, apresentação musical também no sábado, dia 07, às 14 horas, na rua Visconde de Parnaíba, 1.316, na Mooca. A mesma apresentação vai ocorrer novamente no domingo, às 10 horas, na Avenida Paulista, altura do número 283. Nesta sexta-feira também houve apresentação musical no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Tudo na capital paulista.

Serviço:

Exposição do Kuwait
De 06 a 08 de dezembro de 2019
Das 9h30 às 18h
Biblioteca do Parque Villa-Lobos
Av. Queiroz Filho, 1205 – Alto de Pinheiros – São Paulo – SP
Gratuito

Isaura Daniel/ANBA
Isaura Daniel/ANBA
Isaura Daniel/ANBA
Isaura Daniel/ANBA
Isaura Daniel/ANBA

Publicações relacionadas