Poeta brasileiro lançará livro em Beirute

Natan Barreto apresentará a obra ‘Um Quintal e Outros Cantos’ no Centro Cultural Brasil-Líbano no dia 24 de outubro. Publicação traz memórias por meio de versos.

Isaura Daniel
isaura.daniel@anba.com.br

São Paulo – O escritor baiano Natan Barreto vai lançar o seu mais novo livro neste mês no Líbano. A obra “Um Quintal e Outros Cantos” traz uma coletânea de memórias, retratadas por meio de versos, e foi vencedora do Prêmio Sosígenes Costa de Poesia da Academia de Letras de Ilhéus, da Bahia, no ano passado.

O “quintal” referido no título do livro é Periperi, subúrbio de Salvador onde o escritor nasceu e morou até os 19 anos. Os “outros cantos” são os lugares pelos quais ele passou e que o marcaram. “O lugar de onde a gente saiu sempre vem com a gente”, disse ele em entrevista à ANBA.

Livro traz memórias em versos

Desse lugar de origem, Barreto fez versos, por exemplo, a partir da memória da morte de um tio, ocasião na qual conheceu a palavra falecimento, e do dia em que a mãe trouxe uma radiola para casa no Dia das Crianças. Dos lugares que se seguiram, ele traz no livro as lembranças do quarto de pensão onde morou no Rio de Janeiro e da sala de aula onde hoje é professor primário em Londres.

Além da Bahia, o poeta morou nos estados do Rio de Janeiro e em Minas Gerais, no Brasil, na França e na Inglaterra. Ele também teve passagens breves pelos Estados Unidos e pela Espanha. Há poesia no livro também sobre as voltas para a terra de origem, em datas como a morte dos pais. “Termino o livro dizendo: eu tenho saudades do quintal”, conta Barreto.

O livro é em português e será lançado no Líbano com foco na comunidade brasileira que mora no país. O lançamento será no dia 24 de outubro, no Centro Cultural Brasil-Líbano, em Beirute, às 20 horas. Barreto vai ler poesias de “Um Quintal e Outros Cantos” em inglês e português.

O escritor fará apresentação em inglês sobre uma exposição que será aberta neste dia, no centro cultural, com 12 imagens de três livros seus anteriores que formam uma trilogia. Também serão lidos versos destes livros em português e inglês.

A trilogia traz poesias inspiradas em diferentes temas. A primeira publicação, que é “Movimento Imóvel”, tem como base obras de arte, a segunda, que é “Bichos, poesias desenhadas”, é inspirada em desenhos, e a terceira em fotografias. Esta última tem lançamento previsto para o ano de 2019.

No Centro Cultural Brasil-Líbano, o autor participa ainda de atividade no dia 26 de outubro, às 16h, quando será comemorado o Dia das Crianças. Haverá exposição de desenhos infantis do livro “Bichos, poesias desenhadas” e Barreto lerá para as crianças as poesias da obra.

A livro sobre os bichos, de 2017, também foi lançada no Líbano. O contato com o Centro Cultural Brasil-Líbano se deu na época, quando Barreto participou de um encontro de escritores brasileiros que moram no exterior. O lançamento foi articulado pelo diretor do Centro de Estudos e Culturas da América Latina (Cecal) da Universidade Saint-Esprit de Kaslik (Usek), Roberto Khatlab.

Natan Barreto tem vários livros publicados, a maior parte deles de poesia. Entre as suas obras está a biografia da sua mãe, “Entre mangueiras: a vida de Eunice Palma”. Ela foi uma educadora e defensora da educação no bairro de periferia onde morou. O baiano, que vive em Londres há 25 anos, já recebeu diversos prêmios literários. Graduado em Interpretação Teatral no Brasil, ele também tem formação como tradutor e intérprete e como professor no exterior.

Leia abaixo uma as poesias do livro “Um Quintal e Outros Cantos”:

Desaprendendo

Tem gente que diz ser melhor

não soltar passarinho,

que preso na gaiola

ele desaprende.

Meu pai, quando resolveu soltar,

soltou tudo:

pardal, sabiá, canário, curió –

o canto se foi com o colorido

tentar reaprender quem era.

E tanto alçapão armado,

pedrada de badogue,

unha de bicho!

Mas a mata era mais vasta!

Sob o zinco da varanda,

o cinza –

as gaiolas balançando ocas:

meu pai desaprendendo.

Divulgação
Reprodução

Publicações relacionadas