‘Queremos muito mais’, diz Temer sobre comércio com árabes

O presidente da República, Michel Temer, foi recebido em um jantar nesta sexta-feira oferecido pela Câmara Árabe em parceria com a Fambras. Ele destacou o papel do mundo árabe como parceiro ‘excepcional’ para o desenvolvimento do Brasil.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – Em um discurso feito na noite desta sexta-feira (09) para representantes da comunidade árabe, o presidente Michel Temer falou sobre os vínculos humanos que unem o Brasil e os países árabes e sobre sua vontade de que as relações entre as duas regiões cresçam ainda mais. Temer foi recebido em um jantar oferecido pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira em parceria com a Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras), no Esporte Clube Sírio, na capital paulista.

Hannun (acima) abriu evento com Temer

“A presença árabe no Brasil faz parte do nosso cotidiano, nas artes, na literatura, na economia, na medicina, na arquitetura e na política. Essa ligação profundamente humana é o que está na base do nosso fluído diálogo com todos os países árabes, está mesmo na base de um intenso e frutífero intercâmbio econômico”, disse Michel Temer aos presentes.

Ele lembrou os números do comércio do Brasil com os países árabes, como a corrente comercial de US$ 20 bilhões em 2017, que teve crescimento de 20% sobre 2016. “Nós fazemos muito, mas queremos ainda muito mais”, disse, citando a vontade de ampliar os acordos de comércio do Brasil com a região e o fluxo de investimentos. “Quero eu e queremos todos que o mundo árabe continue sendo o parceiro excepcional que é para o nosso desenvolvimento, sobretudo neste momento de retomada da economia brasileira”, falou.

O presidente da Câmara Árabe, Rubens Hannun, lembrou a história de Temer, como filho de imigrantes libaneses, as realizações na carreira política e o trabalho pelas relações comerciais do Brasil com os árabes. Segundo Hannun, as exportações aos países árabes cresceram 12% de 2015 a 2017. “Esses resultados não podem ser creditados somente à melhora do ambiente econômico. É preciso também considerar o fato de o presidente Temer compreender, e muito bem, a importância do mundo árabe para o Brasil”, afirmou.

Zoghbi lembrou origens familiares de presidente

O decano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil e embaixador da Palestina, Ibrahim Alzeben, ressaltou o trabalho do governo de Temer na área internacional e o papel do Brasil como um importante mediador da paz. “Orientastes vossa equipe de governo, principalmente os colegas do Ministério das Relações Exteriores, a estreitar as relações com o mundo árabe e a defender suas causas em fóruns internacionais”, disse Alzeben.

Também falou no jantar o presidente da Fambras, Mohamed Hussein El Zoghbi, que levou aos convidados memórias sobre as raízes libanesas de Temer, sobre a visita do presidente ao Líbano quando era vice-presidente, e destacou algumas das suas qualidades como líder. “Ele esteve presente nos grandes momentos históricos do País, de maneira estratégica e inteligente, sempre respeitando a democracia, combatendo o autoritarismo e qualquer ação que não privilegiasse a liberdade de cada brasileiro”, disse Zoghbi.

Do jantar participaram também autoridades políticas e diplomatas do Brasil e de países árabes, além de outras lideranças da Câmara Árabe. O presidente Michel Temer afirmou que estava se sentindo entre seus familiares. Houve troca de presentes.

Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe
Rodrigo Rodrigues/Câmara Árabe

Publicações relacionadas