Acionistas da Embraer aprovam parceria com Boeing

Joint venture foi aprovada por 96,8% dos votos válidos dos acionistas em assembleia nesta terça-feira (26).

Agência Brasil
pauta@ebc.com.br

São Paulo – A parceria entre a Embraer e a Boeing foi aprovada por 96,8% dos votos válidos dos acionistas da fabricante brasileira, na assembleia extraordinária realizada nesta terça-feira (26). Os acionistas aprovaram a proposta que estabelecerá uma joint venture composta pelas operações de aeronaves comerciais e serviços relacionados da Embraer. A Boeing deterá 80% da nova empresa e a Embraer os 20% restantes.

Segundo a Embraer, a transação avalia 100% das operações de aeronaves comerciais da empresa em US$ 5,26 bilhões e contempla um valor de US$ 4,2 bilhões pela participação da Boeing. O governo brasileiro aprovou a transação em janeiro de 2019. Em seguida, o conselho de administração da Embraer ratificou seu apoio. A conclusão do negócio está sujeita a aprovações das autoridades reguladoras e a outras condições pertinentes a uma transação desse tipo, o que deve ocorrer até o final de 2019.

 

Divulgação

Publicações relacionadas