Cardeal brasileiro recebe título de universidade no Líbano

O arcebispo metropolitano de São Paulo, Dom Odilo Scherer, está em viagem ao país árabe, onde receberá o título de doutor honoris causa da Usek.

Isaura Daniel
isaura.daniel@anba.com.br

São Paulo – O arcebispo metropolitano de São Paulo, cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, receberá nesta sexta-feira (08) o título de doutor honoris causa da Universidade Saint-Esprit de Kaslik (Usek), do Líbano. Quem entregará será o reitor da Usek, o padre e doutor Georges Hobeika. O reitor esteve no Brasil no ano passado e se encontrou com Dom Odilo, juntamente com o bispo maronita Dom Edgar Madi.

A Usek é uma universidade católica fundada pela Ordem Maronita Libanesa e atende cerca de oito mil alunos em quatro diferentes campus. O título de doutor honoris causa é concedido por universidades a pessoas que se destacam em suas áreas de atuação e que são respeitadas por seu trabalho, independentemente de seus diplomas acadêmicos. Em latim, o termo “honoris causa” significa “por causa da honra”.

Dom Odilo Scherer é grão-chanceler da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, com a qual a universidade libanesa tem convênio. O religioso é também presidente da Fundação São Paulo, mantenedora da PUC-SP. Ele ocupa o cargo de arcebispo em São Paulo desde 2007 e foi um dos religiosos cotados para ser papa da Igreja Católica na sucessão de Bento XVI. A Usek tem ainda um projeto em parceria com a Câmara de Comércio Árabe Brasileira para digitalização de documentos da imigração árabe no Brasil.

Dom Odilo é formado em Filosofia e Teologia, e tem mestrado em Filosofia e doutorado em Teologia, de acordo com informações publicadas no site da Arquidiocese de São Paulo. Uma boa parte de sua atuação como religioso foi ensinando e administrando universidades.

Antes de ser arcebispo, ele foi bispo auxiliar em São Paulo e secretário-geral da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), entre outros cargos de liderança. Dom Odilo foi enviado especial do papa em eventos mundiais como a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável Rio +20, no Rio de Janeiro, em 2012, na qual foi chefe da delegação da Santa Sé.

A entrega do título a Dom Odilo no Líbano será às 11 horas no Auditório da Faculdade de Música da Usek, no campus de Jounieh. O evento é aberto à comunidade acadêmica e diplomática, de acordo com informações do diretor do Centro de Estudos e Culturas da América Latina (Cecal) da Usek, Roberto Khatlab. O embaixador do Brasil no Líbano, Paulo Cordeiro de Andrade Pinto, estará presente, além do patriarca maronita Bechara Boutros Rai e outros bispos.

Dom Odilo desembarcou no Líbano nesta terça-feira (05) e ficará no país até sábado (09), segundo informações divulgadas pela Arquidiocese de São Paulo. Nesta quarta-feira ele teve encontro com lideranças maronitas. A arquidiocese informa que na agenda da viagem estão a visita a um campo de refugiados, o recebimento do título na Usek e a participação da Festa de São Marun.

Gabriel Bouys/AFP

Publicações relacionadas