Lojas e restaurantes sauditas poderão operar 24 horas

Decisão do governo permite que estabelecimentos funcionem o dia todo, o que deve aumentar a atividade comercial local e criar novos empregos.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – Uma decisão do governo da Arábia Saudita autorizou lojas e restaurantes a funcionarem 24 horas por dia no país, segundo notícia publicada nesta quarta-feira (17) no site do jornal Gulf News. A decisão foi tomada em um momento em que a Arábia Saudita busca diversificar e impulsionar as suas atividades econômicas.

Para funcionar no horário estendido, os estabelecimentos terão que pagar taxas que serão determinadas por órgãos da área para cada caso. Algumas atividades estarão isentas da cobrança de imposto, segundo sua natureza e o interesse do público. O governo da Arábia Saudita não informou quando a medida entrará em vigor.

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria de Riad, Ajlan Al Ajlan, disse que a medida criará 45 mil empregos no varejo, além de 45 mil empregos indiretos e de meio período. “A decisão também contribuirá para aumento na atividade comercial das pequenas e médias empresas em 14% a 16%”, disse ele para a imprensa local.

A medida foi bem recebida no setor empresarial. “É uma notícia positiva que espero que aumente o consumo e crie empregos. Restaurantes, café, cinemas e fast-foods serão os primeiros beneficiados”, disse o chefe de pesquisa da empresa de serviços financeiros Al-Rajhi Capital, Mazen Al-Sudairi.

Segundo um funcionário do Ministério de Assuntos Municipais e Rurais, Khalid Al-Degaither, a decisão não inclui a realização de atividades durante o período de orações. A Arábia Saudita é um país muçulmano e as pessoas param várias vezes no dia para orações em horários comuns. A informação foi publicada no site Arabian Business.

Amer Hilabi/AFP

Publicações relacionadas