Brasil teve deflação em novembro

IPCA teve recuo de 0,21%, taxa mais baixa para o mês desde 1994. Grupos Transportes e Habitação tiveram as maiores quedas.

Agência Brasil
pauta@ebc.com.br

Rio de Janeiro – O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou deflação de 0,21% em novembro, divulgou nesta sexta-feira (07) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPCA é o índice oficial de inflação do Brasil.

O resultado foi o menor desde julho de 2017, quando houve queda de 0,23%. Se avaliados apenas os meses de novembro, o resultado foi o menor desde o início do Plano Real, em 1994.

Em 12 meses, a inflação acumula 4,05%, enquanto a taxa acumulada de 2018 – de janeiro a novembro – soma 3,59%. Em novembro do ano passado, o IPCA teve alta de 0,28%, enquanto em outubro de 2018 houve aumento de 0,45%.

A deflação registrada em novembro ocorreu em cinco dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados pelo IBGE. O grupo Transportes contribuiu com o maior impacto negativo, e Habitação ficou em segundo lugar.

Entre os grupos que apresentaram alta de preços, destaque para o de Artigos de Residência. Houve alta também no grupo de Alimentos e Bebidas.

Tânia Rêgo/Agência Brasil

Publicações relacionadas