DP World está otimista com avanço dos negócios no Brasil

O CEO da operadora portuária de Dubai, Sultan Ahmed Bin Sulayem, se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro e outras autoridades brasileiras, e conversou sobre abertura econômica, infraestrutura e investimentos.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – O presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o diretor-executivo do grupo DP World, Sultan Ahmed Bin Sulayem, na manhã desta quarta-feira (22), no Palácio do Planalto, em Brasília. A DP World é uma operadora global de portos e terminais marítimos com sede em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e está presente no Brasil há seis anos, primeiro como sócia do terminal Embraport, em Santos, e agora como única proprietária do empreendimento, que foi rebatizado de DP World Santos. O envolvimento da companhia dos Emirados com o projeto no litoral paulista tem pelo menos dez anos, conforme a ANBA noticiou mais de uma vez na época.

Bolsonaro (esq.) recebe presente de Sulayem

Após o encontro com o presidente, Sulayem disse em nota que “a visão de seu governo (de Bolsonaro), por meio de políticas econômicas liberais, é dar ao País uma condição de abertura para negócios, em que os investidores possam criar empregos, infraestrutura e riqueza para uma nação que tem tanto potencial”. Segundo Sulayem, a DP World segue otimista com as perspectivas de crescimento de seus negócios no Brasil. “Agradeci ao Presidente e aos membros de seu gabinete por sua calorosa recepção e sua discussão aberta e franca conosco”, concluiu o diretor.

Antes de se encontrar com Bolsonaro, Sulayem se reuniu com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, na segunda-feira (22), também na capital do País. Foram discutidos temas como reformas sociais, uma estrutura regulatória estável e eficiente para atrair investidores, e também parcerias público-privadas para incentivar o investimento estrangeiro direto.

Araújo (dir.) com o diretor-executivo da DP World

Ainda ontem, Sulayem se reuniu com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente. Outras reuniões ocorreram com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, em que conversaram sobre a evolução do sistema energético brasileiro; e com o secretário-executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, com quem Sulayem conversou sobre formas de melhorar a infraestrutura do País.

DP World

O DP World Santos é o maior terminal portuário multimodal privado brasileiro e integra o Porto de Santos, que é o maior da América Latina. O terminal tem uma capacidade anual de movimentação de 1,2 milhão de TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés). Em dezembro de 2017, a DP World consolidou integralmente sua participação no terminal, que antes dividia com a Odebrecht.

A DP World tem operações em outros países da América Latina, como Peru, Equador, Chile, Argentina e República Dominicana. No mundo, a empresa opera nas Américas, Europa, Ásia, África, Oriente Médio e Oceania.

Marcos Corrêa/Presidência da República
Dammer Martins/MRE

Publicações relacionadas