Indústria prevê produzir mais de 1 milhão de motos este ano

Abraciclo reviu para cima estimativa para 2018 com base no bom desempenho observado de janeiro a novembro.

Da Redação
anba@anba.com.br

São Paulo – A indústria brasileira de motocicletas espera produzir mais de 1 milhão de unidades até o final deste ano. Segundo estimativa divulgada nesta quarta-feira (12) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), o total pode chegar a 1,035 milhão de motos. A entidade revisou para cima sua previsão, que antes era de 980 mil unidades. Se confirmado, o número representará um aumento de 17,2% sobre 2017

Os fabricantes revisaram a projeção com base no desempenho observado até agora. Foram produzidas 968,86 mil motocicletas de janeiro a novembro, um crescimento de 19% em relação ao mesmo período do ano passado.

O presidente da Abraciclo disse, segundo nota da instituição, que a performance é reflexo da recuperação da economia, do avanço da oferta de crédito e do aumento da confiança do consumidor. “Outro fator foi o significativo aumento de lançamentos de produtos, foram mais de 40 modelos ante 32 em 2017”, destacou.

Para 2019, a indústria prevê aumentar a produção em 4,3%, para 1,08 milhão de motocicletas.

Divulgação/Yamaha

Publicações relacionadas